Inventário Topográfico

Início | Servicios de Inventario | Inventário Topográfico

Organizações enfrentam dificuldades diárias em contabilizar e estimar o inventário de produtos e estoques em silos, sacos e armazéns, na qual a contagem de estoque em grandes volumes depende do uso de tecnologias e cálculos sob medida. Portanto, gerentes operacionais e coordenadores tem desafios com confiabilidade não somente no reporte dos dados, mas também em identificar perdas, gaps ou rupturas dos estoques.

O Grupo CPCON conta com uma equipe especializada e desenvolve o inventário topográfico através do método tradicional de cálculos ou uso de tecnologias (tanto sistemas quanto o uso de scanners), permitindo a mensuração e coleta dos produtos com alta precisão independente dos locais de armazenamento e emissão de relatórios confiáveis. Além de que a terceirização do serviço de inventário evita o cliente realizar operações logísticas complexas para contagem e contabilização dos produtos em volume, também evitando paradas operacionais na organização.

Nós prestamos serviços de inventários topográficos a cada ano para organizações em quase todos os segmentos de armazenagem, com maior ênfase em armazenagem de grãos como soja, milho, amendoim, e entre outros, mas também supermercados, distribuidores de combustíveis, lojas de ferragens, seguradores, etc.

Como é a Metodologia para o Inventário Topográfico?

O processo consiste em:

  • Utilização do uso de scanners ou cálculos de topografia tradicional para determinação de nuvem de pontos; pode ser realizado tanto a locação quanto a compra dos scanners, conforme a necessidade do cliente
  • Amostragem de Estoques e transformação de nuvem de pontos em volume para identificação de densidades (por exemplo, estimar o peso de amostras de grãos no recipiente de quantidade determinada de litros)
  • Realização de testes de densidade e características (ex: umidade), caso necessário
  • Determinação do cálculo Peso/volume contra Densidade
  • Emissão de relatórios, digitalização dos processos e o uso do sistema CPCON de controle físico de inventários

Inventário topográfico de estoques

O inventário topográfico de estoques é um processo utilizado para medir o volume e a massa de produtos armazenados em silos, sacos e armazéns. O objetivo é fornecer uma estimativa precisa da quantidade de estoques disponíveis, a fim de melhorar o controle de estoques e a tomada de decisões gerenciais.

O inventário topográfico de estoques pode ser realizado por meio de métodos tradicionais de topografia ou por meio de tecnologias de sensoriamento remoto. Os métodos tradicionais envolvem a medição de distâncias, ângulos e elevações, enquanto as tecnologias de sensoriamento remoto utilizam imagens aéreas ou de satélite para capturar dados sobre a área a ser inventariada.

O processo de inventário topográfico de estoques pode ser dividido nas seguintes etapas:

  1. Planejamento: Nesta etapa, são definidos os objetivos do inventário, o escopo do trabalho, os métodos e técnicas a serem utilizados, e o cronograma.
  2. Coleta de dados: Nesta etapa, são coletados os dados necessários para o inventário. Isso pode ser feito por meio de métodos tradicionais de topografia, tecnologias de sensoriamento remoto ou uma combinação de ambos.
  3. Processamento de dados: Nesta etapa, os dados coletados são organizados e analisados. Isso pode ser feito por meio de softwares de geoprocessamento ou de métodos tradicionais.
  4. Apresentação de resultados: Nesta etapa, os resultados do inventário são apresentados em forma de relatórios, mapas e plantas.

Metodologia do Grupo CPCON

O Grupo CPCON utiliza uma metodologia de inventário topográfico de estoques que combina métodos tradicionais de topografia com tecnologias de sensoriamento remoto. A metodologia consiste nas seguintes etapas:

  1. Utilização do uso de scanners ou cálculos de topografia tradicional para determinação de nuvem de pontos: A nuvem de pontos é um conjunto de dados que representa a superfície da área a ser inventariada. Ela pode ser obtida por meio de scanners laser ou por meio de cálculos de topografia tradicional.
  2. Amostragem de Estoques e transformação de nuvem de pontos em volume: A nuvem de pontos é então transformada em um modelo 3D da área a ser inventariada. A partir desse modelo, é possível estimar o volume dos estoques armazenados.
  3. Realização de testes de densidade e características (ex: umidade), caso necessário: A densidade dos produtos armazenados é um fator importante para estimar a massa dos estoques. Se necessário, são realizados testes de densidade para obter essa informação.
  4. Determinação do cálculo Peso/volume contra Densidade: A partir do volume e da densidade dos produtos armazenados, é possível estimar a massa dos estoques.
  5. Emissão de relatórios, digitalização dos processos e o uso do sistema CPCON de controle físico de inventários: Os resultados do inventário são apresentados em forma de relatórios, mapas e plantas. O Grupo CPCON também oferece um sistema de controle físico de inventários que permite aos clientes gerenciar seus estoques de forma mais eficiente.

Vantagens do inventário topográfico de estoques

O inventário topográfico de estoques oferece uma série de vantagens em relação aos métodos tradicionais de inventário, como:

  • Precisão: O inventário topográfico é mais preciso do que os métodos tradicionais, pois utiliza tecnologias que permitem medir com maior precisão o volume e a massa dos estoques.
  • Rapidez: O inventário topográfico pode ser realizado de forma mais rápida do que os métodos tradicionais, pois utiliza tecnologias que automatizam parte do processo.
  • Eficiência: O inventário topográfico é mais eficiente do que os métodos tradicionais, pois evita a necessidade de interromper as operações da empresa.

Póngase en contacto con nosotros para saber en detalle cómo le ayudamos con los retos de la evaluación.

Scroll to Top