Revisão de Vida Útil e Teste de Impairment

Entenda as necessidades da revisão de vida útil nos ativos do empreendimento devido as mudanças na legislação e a redução ao valor recuperável de ativos validada através do teste de impairment.

O que é revisão de vidas úteis?

Esta revisão trata especificamente do tratamento contábil de bens imobilizados dentro da empresa, facilitando e sustentando questões de auditorias financeiras. Além disso, o cálculo da vida útil dos ativos permite novas taxas de depreciação, com base na expectativa de vida econômica do ativo.

Mas dentro do aspecto de Controle Patrimonial, qual a necessidade da revisão de vidas úteis?

Existe a necessidade gerencial de determinar a revisão de vidas úteis de um determinado ativo ou conjunto de ativos para fins de validação ou estimativa necessárias para o processo de gestão patrimonial.

Um ativo pode sofrer depreciação acelerada por utilização em vários turnos, ou mesmo pode não estar corretamente contabilizado devido à alguma diferença de contabilização provocada pela não revisão de sua taxa de depreciação, enfim, são diversas as necessidades de uso do laudo de vida útil. 

Em resumo, é interessante que o empreendimento tenha total controle dos seus bens, sendo para fins contábeis, como para fins legais, mantendo em conformidade a depreciação dos seus ativos para efeitos fiscais, garantindo o correto balanço patrimonial, afim de apresentar dados confiáveis aos acionistas.

Revisão de Vidas Úteis e a conformidade com Lei 11638 de 2007

Existe um ponto significativo diante o processo de registro contábil dos ativos, este necessário para que haja conformidade evitando que os bens tivessem o registro a um valor superior comparado com o valor passível de recuperação em determinado tempo relativo ao uso ou venda.

Neste aspecto, é necessário também que haja certos procedimento periódicos de identificação de ativos em desvalorização, sendo importante que o empreendimento faça as verificações pertinentes de perdas de representação econômica.

Neste ponto é interessante a revisão de vidas úteis do conjunto de ativos, todos este processo ligado aos serviços de engenharia de avaliações em conjunto com o teste de impairment (teste de recuperabilidade).

Revisão de Vidas Úteis e o Laudo de Vida Útil

Em adição das necessidades dos processos de avaliação nos ativos dos empreendimentos para caráter contábil e fiscal é relevante destacar o benefício que a Lei 11638/07 trouxe dentro do aspecto das depreciações.

Esta trouxe pontos pertinentes em adição a Lei das S/A, definindo a necessidade da correlação das amortizações e depreciações baseados na vida útil econômica dos bens.

Pois tal prática não ocorria no Brasil, sendo agora sabidamente aplicada, sendo as modificações nos procedimentos contábeis obrigatórios, com necessidade de laudos específicos gerados por profissionais especializados.

Com a mudança na lei 11.638/07, o ideal seria rever sua contabilidade anualmente sobre o aspecto de análise da vida útil dos ativos, afim de verificar a possibilidade da Revisão atendendo ao CPC27.

A CPCON tem auxiliado seus clientes em projetos com esta avaliação para revisão da base contábil e regularização da contabilidade anualmente.

Acompanhe nossos artigos e saiba mais sobres os temas de gestão e avaliação de ativos. Mande uma mensagem, será bom ouvir sua opinião.

Necessidade de Revisão de Vida Útil

É interessante ressaltar o pronunciamento CPC 01 do Comitê de Pronunciamentos contábeis, relativo a redução ao valor recuperável de ativos. A mudança na Lei 11.638/07, trouxe complementação a lei das S/A, definindo a necessidade de avaliar a vida útil econômica dos bens relativo as depreciações e amortizaçãoes dos ativos.

Como avaliar a depreciação do ativo: Teste de Impairment

Para ratificar a viabilidade da redução ao valor recuperável de ativos, em relação, por exemplo, a um ativo imobilizado, é necessário a realização de um laudo de avaliação, este no caso, sendo o Teste de Impairment.

Desta forma, é interessante para o empreendimento verificar se há compatibilidade do valor de mercado dos bens com o seu valor de registro na contabilidade.

Laudo de Vida Útil, Impairment e o Teste de Recuperabilidade

O laudo de vida útil é um dos resultados do processo de Engenharia de Avaliações, amplamente utilizado na Consultoria Patrimonial, que é englobado na implantação de otimização de recursos e controle do empreendimento através da Gestão Patrimonial.

É efetuado estudos dentro de uma metodologia de análise relativo ao bem, afim de definir várias características de seu estado, para imediato controle do mesmo.

Impairment é uma palavra da língua inglesa adotada nestes processos, pois sua tradução indica deterioração, assim como a depreciação no caso, de um determinado ativo.

O teste de recuperabilidade é o sinônimo do teste de impairment, sendo exatamente o mesmo processo necessário para definir o estado do ativo, como um laudo de avaliação do mesmo, afim de ratificar as diferenças de valores do ativo com o mercado, para a execução da redução ao valor recuperável de ativos.

Os clientes CPCON realizam inventário patrimonial como forma de manter os ativos sempre atualizados na contabilidade, e anualmente realizam o Teste de Impairment (CPC 01) e a Revisão de Vidas Úteis (CPC 27).

Acompanhe nossos artigos e saiba mais sobres os temas de gestão e avaliação de ativos. Mande uma mensagem, será bom ouvir sua opinião.

 

5 1 vote
Avaliação do artigo
5 1 vote
Avaliação do artigo
Inscreva-se
Notifique-me
guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentarios
O impacto da falta de gestão de ativos no seu empreendimento
A gestão de ativos está diretamente ligada à governança corporativa e busca identificar, mensurar e controlar o ciclo de vida desses ativos nas organizações.
Informações Relevantes
Não perca o controle do seu inventario gerencie seus ativos de forma profissional com nossas ferramentas
Guia de Navegação
Mantenha-se atualizado
Torne-se PRIME

Se inscreva gratuitamente para ler nossos artigos, dicas e conteúdos exclusivos com prioridade.

Em destaque
Conteúdo Relacionados
Conteúdo