Como a RFID está contribuindo na gestão de pacientes

Como a RFID está melhorando a eficiência na gestão de pacientes
A RFID tem contribuído nas mais diversas áreas e com a gestão de pacientes não é diferente. Nisso, são muitos os benefícios da tecnologia.

A tecnologia RFID tem contribuído bastante na gestão de pacientes, gerando muito mais eficiência. Desse modo, compreenda que temos uma inovação para otimizar processos e reduzir certos custos.

Assim, você deve saber que a implementação dela tem sido feito nas mais diversas áreas. Então continue a leitura e descubra o que significa o conceito e quais são as vantagens dele.

Pontos chave

  • RFID: Identificação através de rádio frequência, obtendo dados digitais das etiquetas (tags). Não precisa ser lido como o código de barras (scanner), otimizando o seu alcance. Usa uma antena e leitor para obter os dados e armazená-los dentro do banco;
  • Elementos da RFID: Leitor, etiqueta (tag) inteligente e a antena. Nisso, ela utiliza as ondas de rádio obter os dados;
  • RTLS: Localização em tempo real inclui sistemas bluetooth, infravermelho e o RFID;
  • Vantagens da RFID: Remover erros, coletar e rastrear os dados dos ativos tem vários modos de leitura, suas etiquetas possuem vários formatos, pode reaproveitar as tags, entre outras.

O que é RFID?

A primeira coisa que você tem que saber é o que vem a ser RFID. Dessa maneira, entenda que essa é uma tecnologia de variação do código de barras. Entretanto, saiba que ela não requer nenhum contato visual para sua identificação.

No caso, compreenda que a sigla RFID é definida por “Radio-Frequency Identification”. Ou seja, uma espécie de identificação através de radiofrequência.

Além disso, tal tecnologia engloba dados digitais já codificados com etiquetas (RFID). E também as antenas, onde são capturados através de um leitor que utiliza ondas de rádio.

Por certo, saiba que ele se parece bastante com o próprio código de barras. De tal forma que são obtidos mediante a um dispositivo que lê as etiquetas. Enquanto que fará o armazenamento deles em um banco de dados específico.

Nisso, compreenda que a RFID na gestão de pacientes pode ser uma ótima alternativa. Trazendo muitas vantagens em comparação aos sistemas que aplicam softwares para rastreamento.

Aliás, você deve saber que as etiquetas da tecnologia podem ser lidas mesmo não estando no campo de visão. Agora os códigos de barras precisam de um alinhamento diante do scanner (óptico).

Com toda a certeza, saiba que tais sistemas RFID são uma tendência para controlar depósitos. Sendo benéfico e trazendo maior praticidade nas mais diversas operações.

Como a tecnologia RFID funciona?

Você viu anteriormente o que o conceito significa e o que é capaz de trazer as mais diversas áreas. De tal modo que é mais prático que o código de barras e possui maior campo de visão.

Assim, entenda que a inovação é pertencente a um determinado grupo. Nesse sentido, é tida como um método de identificação automática e também de Captura de Dados (AIDC).

Ao passo que a RFID na gestão de pacientes ou na indústria podem render ótimos resultados. Visto que os métodos conhecidos como AIDC são capazes de identificar os objetos de modo automático.

Além de coletar os dados e de inserir os mesmos de forma direta em sistemas de computadores. Sendo que pode ou não ter intervenção humana durante os processos.

Decerto, entenda que para isso são usadas as ondas de rádio. Onde temos 3 elementos, tais como:

Certamente, você precisa saber que as etiquetas trazem um circuito integrado. E também uma antena que em conjunto possibilitam a transmissão dos dados até o leitor.

Como resultado disso, compreenda que as ondas de rádio são convertidas. Se tornando dados em formato utilizável. Já as informações obtidas nas tags são enviadas até um computador host. Mantendo os dados armazenados dentro do banco para posterior análise.

Quais são as utilizações da RFID?

É possível perceber que a RFID ajuda na gestão de pacientes e também na indústria. Contudo, saiba que ela é muito mais ampla e alcança os mais diversos processos.

Nesse caso, confira uma lista com algumas das principais utilizações:

  • Gestão (inventário);
  • Rastrear itens;
  • Controlar acessos e áreas restritas;
  • Rastrear pessoas e os crachás (identificação);
  • Gestão das cadeias de abastecimento;
  • Entre outras.

Na sequência vamos entender o que a RFID pode contribuir na gestão de pacientes. Uma vez que gera muitos ganhos de tempo e nas questões que envolvem o setor.

A RFID e a gestão de pacientes

Em um ambiente hospitalar a gestão costuma ser muito complexa devido a diversos fatores. Dessa forma, compreenda que a RFID na gestão de paciente consegue trazer uma maior eficiência.

Já que temos no ambiente muitos equipamentos, materiais e fluxo amplo de pessoas. Com isso, é essencial zelar pela segurança de todos e assim a presença da RFID se faz necessária.

Uma vez que o sistema otimiza e facilita o gerenciamento das informações. De tal maneira que será útil para rastrear:

  • Equipes médicas;
  • Medicamentos;
  • Pacientes;
  • Equipamentos.

Ao passo que na RFID para a gestão de pacientes são muitos os benefícios e vantagens observadas. Sem dúvida, isso ajudará nos processos e em um gerenciamento muito mais assertivo.

Os sistemas de localização RTLS

Os RTLS (Real Time Location System) são sistemas para localização em tempo real. Desse modo, entenda que eles não possuem fios e conseguem realizar o rastreamento dos indivíduos.

Além disso, o mesmo ajuda no fluxo de materiais/trabalho, enquanto que possibilita monitorar diversas características. Nesse sentido, temos:

  • Velocidade;
  • Temperatura;
  • Umidade.

Assim, compreenda que na categoria dos RTLS temos várias tecnologias. Que incluem o bluetooth, o infravermelho e a própria RFID. Nisso, entenda que a mesma atua com identificação através de radiofrequência.

Onde temos um método automatizado que guarda os dados para recuperação remota posteriormente. Aliás, saiba que a transmissão das informações de local estacionário e de um objeto móvel será possível.

Consequentemente, você pode aplicar a tecnologia em áreas como a:

  • Logística;
  • Farmacêutica;
  • Aeroespacial;
  • Entre outras.

De fato, esteja ciente de que a RFID na gestão de pacientes é realmente extraordinária. Uma vez que facilita a identificação e a localização das pessoas, além de instrumentos e equipamentos necessários.

Decerto, isso é fundamental em um ambiente onde temos grande complexidade. Dessa maneira, saiba que a tecnologia é capaz de auxiliar os profissionais do ramo médico.

A fim de fornecer serviços que sejam de qualidade e que evitem erros prejudiciais. Certamente, os hospitais precisam manter a segurança e otimizar os processos será de grande utilidade.

Quais são as vantagens no uso da RFID?

Você percebeu que a RFID na gestão de pacientes é uma inovação enriquecedora. Visto que o ambiente hospitalar deve zelar por um atendimento de qualidade e para isso precisa otimizar suas operações.

Com isso, temos várias ações que compõem o cenário, dentre tudo que é feito diariamente no local. Sem dúvida, a remoção dos erros será importante para resultados mais efetivos.

Assim, entenda que faz-se necessário que os hospitais se adequem a essa nova realidade. De uma maneira que possa melhorar a segurança e sem gerar aumento nos custos.

Em meio a tudo isso, pesquisadores indicam a RFID para a gestão de pacientes. Pois, compreenda que a tecnologia é útil para a coleta de dados e também de rastreamento dos ativos.

Uma vantagem dela é que suas etiquetas não precisam ser lidas com proximidade. Sendo que suas tags possuem vários métodos de leitura diferentes.

Enquanto que outro benefício é o fato de que as etiquetas possuem vários formatos, materiais e tamanhos. Resistindo muito bem as mais diversas e severas alterações que ocorrem nos ambientes.

Aliás, a RFID permitem o reaproveitamento das etiquetas, para novas inclusões de informações. Além disso, outro benefício é que o leitor consegue realizar a leitura de ao menos 100 etiquetas a cada segundo.

Vale destacar que as tags servem para funcionários, pacientes, inventários e ativos. Com isso, ocorre o benefício de monitorar e controlar tudo mesmo estando em movimento no hospital.

Nisso, as informações são integradas e possuem uma maior autenticidade. Enquanto que a tecnologia pode enviar sinais (sem fio) e sem ajuda humana. Diminuindo os erros e gerando confiabilidade e eficiência.

Aplicações da tecnologia nos hospitais

A RFID tem diversas aplicações que são extremamente interessantes no ambiente hospitalar. Desse modo, compreenda que os resultados podem ser observados e demonstram o potencial da inovação.

Confira alguns dos principais pontos favoráveis:

  • Reduzir buscas nos equipamentos médicos;
  • Enfermeiros ganham tempo para conceder suporte aos médicos;
  • Rastreamento e eficiência nos monitoramentos;
  • Implementação e criação de sistemas com uso da RFID;
  • Mais otimizados do que sistemas que utilizam códigos de barras;
  • Redução dos erros humanos nas operações de produtos;
  • Avaliação da preparação dos equipamentos;
  • Diminuição em pelo menos 93% de instrumentos cirúrgicos esquecidos nos pacientes;
  • Produtividade otimizada e ganho de tempo ao localizar itens;
  • Confiável ao usar o rastreio e na identificação de dentaduras.

Ou seja, você terá muitas vantagens ao fazer a aplicação da RFID na gestão de pacientes. Sempre visando ajudar as pessoas e também contribuir com todos que participam dos processo.

Decerto, compreenda que no ambiente hospitalar é necessário que os profissionais possam estar sempre alinhados. E contar com uma tecnologia do tipo será capaz de criar um muitos benefícios.

Conclusão

Em conclusão, é possível notar que o sistema RFID na gestão de pacientes e altamente favorável. Uma vez que ele começou a ser utilizado a quase uma década.

Dessa forma, saiba que os benefícios englobam um melhor gerenciamento nos equipamentos e materiais. De tal maneira que auxilia inclusive nos recursos humanos presentes na gestão.

Obviamente ainda é preciso uma realização de mais estudos para avaliar os ganhos. Embora seja possível observar os pontos favoráveis e as vantagens que a inclusão da RFID pode trazer.

Portanto, saiba que aos poucos haverá uma aumento na implantação do sistema. O que poderá resultar em uma maior acessibilidade aos hospitais dos mais diferentes portes.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conteúdos Relacionados a

Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima