Engenharia de Avaliações – Impairment e Depreciação

Conceitos Básicos sobre Engenharia de Avaliações

Depreciação, Impairment, Engenharia de Avaliações

De forma sucinta, o ramo da engenharia de avaliações agrega conjunto de conhecimentos relativos a engenharia e arquitetura, direcionados também a área de ciências naturais, sociais e de exatas. O objetivo primordial do processo de engenharia de avaliações é a determinação do valor de um ativo, além de seus custos e direitos.

A engenharia de avaliações é imprescindível no processo de determinação de características de determinados bens, extremamente viável no processo de gestão patrimonial e controle do patrimônio. É também muito utilizada no mercado de imóveis, pois é essencial seu auxílio para compradores, vendedores, além de bancos de crédito imobiliário.

Normas Técnicas no processo de Engenharia de Avaliações

O processo de determinação de características dos bens deve respeitar a base técnica definida pela ABNT ( acrônimo para Associação Brasileira de Normas Técnicas ), desta forma, seguindo padrões e metodologia direcionada. O processo de execução de laudo de avaliação dentro do âmbito de engenharia de avaliações e gestão patrimonial, exige não somente conhecimento técnico especializado, mas também uma ética profissional, ligada a competência, investigação, observação e dedicação.

Gestão Patrimonial, Engenharia de Avaliações, CONFEA

O processo de caracterização realizado deve obedecer as leis do CONFEA ( acrônimo para Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura ) seguindo a habilitação profissional do executor. Este podendo ser agrônomo, engenheiro ou arquiteto.

Uma característica imprescindível para o profissional da área de engenharia de avaliações, é que o mesmo seja ligado ao mercado e esteja atento ao mesmo, para estar sempre apto a identificar oportunidades.

Mudanças Legislativas, Redução ao Valor Recuperável de Ativos e Impairment

Engenharia de Avaliacoes - Depreciação e Impairment

Com a mudança na lei 11.638 foram feitas alterações sobre o aspecto da redução ao valor recuperável de ativos, devido às diferenças dos valores dos ativos do empreendimento com os de mercado. Assim, com o auxílio de profissionais habilitados de engenharia de avaliações, é efetuado o teste de impairment, também conhecido como teste de recuperabilidade, para avaliar Revisão de Taxas de Depreciação. Após o teste de recuperabilidade de ativos, é avaliado o estado de depreciação do bem além de outras características provenientes de laudo de vida útil.

Considerações Gerais: Engenharia de Avaliações, Impairment e Avaliação Patrimonial

De modo análogo, o trabalho de engenharia de avaliações é bem diversificado, atuando não somente na avaliação de bens, apesar que esta, é uma de suas atribuições mais utilizadas. O processo de laudo de avaliações abrange desde a avaliação de várias características báscias do mercado (comprador, vendedor e de absorção/preço), até considerações mais específicas e relevantes como o perfil de preferências do mercado, a taxa de retorno do investimento, além da função utilidade para investidor, etc.

Deixe uma resposta