Sistema de Controle Financeiro Empresarial

Sistema de Controle Financeiro Empresarial

O Sistema de Controle Financeiro Empresarial é voltado para fazer a análise das condições financeiras de um negócio. Dessa forma, compreenda que são feitos vários processos que envolvem diversas variáveis.

Assim, você deve saber que o objetivo é conservar a empresa alinhada aos resultados positivos. Então é sobre esse tema que vamos falar neste artigo completo a respeito do assunto.

Quais são os 10 melhores Softwares para Sistemas de Controle Financeiro Empresarial?

Basicamente um software para controle financeiro ajuda nas mais diversas tarefas em uma empresa. Desse modo, saiba que muitos empreendedores ainda possuem dúvidas a respeito destes métodos.

Confira algumas das perguntas que eles fazem:

  • O sistema realmente é o que ele afirma ser?;
  • A intervenção e o auxílio dele consegue simplificar corretamente os processos financeiros?;
  • Vale mesmo a pena investir nestes sistemas?.

Nisso, entenda que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial é extremamente útil. Já que o mesmo é capaz de orientar os gestores para que dominem pelo menos o básico.

Enquanto que aumenta a eficiência do gerenciamento do dinheiro presente na empresa. De tal forma que permite com que o profissional descubra outras maneiras para cumprir as suas metas no longo prazo.

De fato, você precisa entender que o software escolhido irá depender justamente das necessidades financeiras. Onde muitos métodos conseguem auxiliar no domínio do orçamento e também no controle das despesas.

Assim, compreenda que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial é essencial no gerenciamento de seu portfólio dos investimentos. Com isso, vamos conhecer na sequência quais são os 10 softwares mais utilizados.

1. Bling

Começamos pelo Bling que consiste em um sistema para gestão e que é uma das opções disponíveis. Uma vez que ele serve para quem está atuando em e-commerces.

Dessa maneira, entenda que o software fará a integração dele com sua loja virtual. Além disso, compreenda que tal integração envolve desde os marketplaces (mercado) até as plataformas principais.

Por certo, este Sistema de Controle Financeiro Empresarial é ideal para quem atua na internet. Visto que consegue inclusive disponibilizar as impressões das etiquetas para rastreio.

A fim de manter com que seu cliente continue informado a respeito da entrega. Vale destacar que o Bling é importante também para integrar os seguintes itens:

  • Integração das logísticas;
  • Controle das movimentações de caixa;
  • Controle dos orçamentos;
  • Gestão de vendas.

2. Conta Azul

Outro Sistema de Controle Financeiro Empresarial muito interessante é o Conta Azul. Pois, saiba que o mesmo é um dos mais bem avaliados e serve para administrar bem as finanças.

Dessa forma, compreenda que o sistema é ideal para atender tanto pequenas quanto médias empresas. Enquanto que as categorias inclusas no software se dividem entre autônomos (profissionais) e empreendedores individuais.

Nas funções que podemos encontrar dentro do sistema podemos destacar:

  • Controle das finanças para administrar o fluxo de caixa;
  • Emitir boletos e das notas fiscais;
  • Simplifica as rotinas contábeis (escritórios de contabilidades).

Decerto, a organização que ele traz é muito útil para ajudar a empresa a deixar tudo muito mais ágil e prático. Uma vez que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial em questão otimiza as tarefas e atividades.

3. Controlle

No software Controlle temos um modelo que é essencial para as pequenas e micro empresas. Desse modo, compreenda que um destaque dele é que o mesmo permite acompanhar o fluxo de caixa.

Além da administração das contas a pagar e também a receber. Completam o sistema os seguintes pontos:

  • Emissão das notas fiscais e dos boletos;
  • Elaboração dos relatórios gerenciais;
  • Entre outros.

Por certo, saiba que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial possibilita criar propostas comerciais. Ao passo que a criação de metas (financeiras) e o uso das agendas para compromissos também surgem como adicionais do software.

4. EGestor

Por sua vez, o EGestor tem como objetivo atender todas as necessidades das micro e pequenas empresas. Assim, entenda que temos várias funções fundamentais para as organizações.

Já que por ser um sistema completo temos em destaque:

  • Controle das finanças;
  • Fluxo de caixa;
  • Controle das vendas;
  • Emissão dos boletos e NFs;
  • Controle dos estoques.

Sem dúvida, neste Sistema de Controle Financeiro Empresarial temos um ambiente prático e otimizado. A fim de ajudar a empresa nas atividades necessárias e que não podem apresentar erros.

Vale ressaltar que no EGestor ainda temos a emissão dos relatórios para fluxos de caixa. Além do fluxo futuro, DRE, controle das comissões para vendedores e dos clientes inadimplentes.

5. Gestão Click

Aqui temos outro software para controle financeiro que serve para controlar tanto os dados em vendas e de estoque. Dessa maneira, compreenda que o foco dele é justamente na administração financeira empresarial.

Assim, saiba que o Gestão Click é um Sistema de Controle Financeiro Empresarial importante para as empresas. Principalmente pelos recursos de controle inclusos nele que engloba tanto as entradas quanto as saídas (caixa).

6. Granatum Financeiro

O Granatum Financeiro é utilizado no controle de orçamento e na simulação dos cenários. De tal modo que gera uma permissão para que o empreendedor simule e traga preparação para sua organização.

Como resultado disso, as decisões poderão ser mais assertivas e com base em cenários simulados. Além disso, o mesmo possibilita acompanhar seu orçamento e traz comparações entre o esperado e o realizado.

Sem dúvida, aqui temos um Sistema de Controle Financeiro Empresarial que irá organizar sua empresa. Já que algumas das funções principais dele incluem:

  • Fluxo de caixa;
  • Emissão (Notas Fiscais);
  • Gestão (Metas);
  • Análise dos gráficos (receitas ou despesas);
  • Entre outras.

Inegavelmente, você terá grandes vantagens ao implementar este sistema em sua organização. Visto que a automatização fará com que os erros sejam minimizados ou até mesmo removidos. Como resultado, você terá um Sistema de Controle Financeiro Empresarial rápido e eficiente.

7. Nibo

No sistema Nibo temos um software específico que serve tanto para as empresas quanto para os contadores. De tal forma que dentro de suas funções está o acompanhamento de fluxo de caixa.

Enquanto que há controle do estoque, emissão de boletos, notas fiscais, relatórios gerenciais (análise). Dessa forma, compreenda que são várias tarefas facilitadas com o uso do método.

Decerto, entenda que o Nibo também tem como benefício o fato de ser uma central de cobranças. Nisso, se torna possível cobrar os clientes dele simultaneamente, o que facilita bastante.

Neste Sistema de Controle Financeiro Empresarial é feita a emissão de NFs (lote) e o controle dos reembolsos. Sem dúvida, entenda que a inclusão do software fará muita diferença para as empresas.

8. Quickbooks

Seguindo a lista dos 10 melhores sistemas há também o Quickbooks que serve para o controle das finanças. Dessa maneira, saiba que o mesmo conta com várias funções:

  • Administração das contas a pagar e a receber;
  • Gestão das contas bancárias;
  • Armazenamento em recibos e comprovantes;
  • Emissão das notas fiscais;
  • Acompanhamento de orçamentos (previsto e realizado);
  • Controle de carga horária (funcionários).

Por certo, saiba que o Quickbooks é um Sistema de Controle Financeiro Empresarial com acesso aos relatórios. Que são customizados e prontos para a obtenção de informações na tomada das decisões.

9. Sage Start

No sistema Sage Start temos várias funções que são ferramentas completas para o controle das vendas. Dessa forma, compreenda que ele possui uma efetiva administração para estoque, além de contar com:

  • Sistema para ponto das vendas;
  • Emissão das notas fiscais (eletrônicas);
  • Controle das finanças pessoais.

Decerto, entenda que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial é uma ferramenta potente. Uma vez que traz todas as funções necessárias para que uma empresa ganhe tempo e consiga lucros.

10. SisControle

O décimo software que segue o mesmo padrão de excelência é o SisControle. De tal forma que seus comandos e funções são os mesmos que já vimos na grande maioria dos programas mencionados anteriormente.

Só que o diferencial é que neste método temos uma versão gratuita, o que facilita bastante. Enquanto que ainda conta com um controle completo para diversas atividades, tais como:

  • Movimentações bancárias (controle);
  • Contas a pagar e a receber;
  • Estoque;
  • Produtos e os serviços;
  • Relatórios gerenciais;
  • Demonstrativos financeiros.

Dessa maneira, o Sistema de Controle Financeiro Empresarial é voltado para quem busca uma gestão efetiva. Já que ele tem desde controles até movimentações bancárias, gerando muita praticidade.

Como escolher o software de Sistema de Controle Financeiro Empresarial?

Um software de gestão (financeiro) implementado em uma empresa se torna um grande diferencial. De tal modo que será superior e mais otimizado do que a antiga planilha de Excel.

As integrações dos modelos propostos são capazes de agilizar o seu dia a dia. Por isso, ao analisar qual deles escolher envolve observar todos os pontos contidos nele.

Nesse sentido, é possível encontrar no Sistema de Controle Financeiro Empresarial as seguintes funções:
⦿ Controle das contas a pagar e a receber;
⦿ Emissão de Notas Fiscais e Boletos;
⦿ Relatórios;
⦿ Movimentações (bancárias);
⦿ Entre outras tarefas.

Assim, você deve entender que é preciso verificar as funções e comandos presentes no software.

Como escolher o software de Sistema de Controle Financeiro Empresarial?

Um software de gestão (financeiro) implementado em uma empresa se torna um grande diferencial. De tal modo que será superior e mais otimizado do que a antiga planilha de Excel.

As integrações dos modelos propostos são capazes de agilizar o seu dia a dia. Por isso, ao analisar qual deles escolher envolve observar todos os pontos contidos nele.

Nesse sentido, é possível encontrar no Sistema de Controle Financeiro Empresarial as seguintes funções:

  • Controle das contas a pagar e a receber;
  • Emissão de Notas Fiscais e Boletos;
  • Relatórios;
  • Movimentações (bancárias);
  • Entre outras tarefas.

Assim, você deve entender que é preciso verificar as funções e comandos presentes no software. Visto que cada um deles possui suas próprias vantagens e servem para atividades específicas. Então, avalie muito bem o sistema para que a sua empresa possa ser beneficiada.

O que é um sistema de controle financeiro empresarial?

Em resumo, saiba que o Sistema de Controle Financeiro Empresarial é baseado em análises. Desse modo, compreenda que este processo envolve as condições financeiras de um determinado negócio.

Nele podemos encontrar os mais diversos processos, tais como:

  • Avaliar os relatórios financeiros;
  • Movimentações em fluxo de caixa;
  • Cálculo dos juros;
  • Dividendos;
  • Análise dos dados patrimoniais;
  • Cálculo de custo fixo;
  • Administração das entradas e das saídas;
  • Saldos bancários;
  • Entre outros.

De fato, o objetivo do Sistema de Controle Financeiro Empresarial integra várias funções para criar um pacote completo. Enquanto que criará uma gestão otimizada para as empresas de vários tamanhos.

De fato, saiba que o objetivo da análise visa favorecer as organizações. A fim de que as mesmas tenham resultados positivos e consigam bons lucros. Além disso, compreenda que o software consegue garantir as previsões mais otimistas para seu crescimento.

Seja para os períodos curtos, médios ou mesmo a longo prazo. Aliás, saiba que os dados precisam ser muito bem organizados. Visto que é feito um catálogo de todos os bens presentes em uma empresa.

Assim, o Sistema de Controle Financeiro Empresarial levanta todas as informações para planejar estratégias e as previsões. Nisso, você terá uma gestão mais assertiva e otimizada, que lhe renderá ótimos resultados.

Como funciona um Sistema de Controle Financeiro Empresarial?

Uma administração financeira efetiva dentro da empresa consiste numa administração concisa e mais objetiva. Desse modo, entenda que haverá uma otimização tanto na rotina financeira quanto na parte contábil dos negócios.

Por certo, ele pode contar com o gerenciamento das rotinas em fluxo de caixa. Além das operações em emissão das notas fiscais, conciliações bancárias, boletos e nas demais operações.

No Sistema de Controle Financeiro Empresarial o ponto essencial é a gestão da organização. Afinal, compreenda que o sucesso e a prosperidade requer processos internos em um sistema adequado.

Vale dizer que o primeiro fator é analisar se os processos internos de sua empresa são eficientes. Ou seja, de nada vale ter um produto/serviço se sua companhia falha em seu gerenciamento.

Sem dúvida, compreenda que a base do negócio envolve o controle das suas finanças. E não importa se temos uma empresa pequena, média ou grande. Sendo que quaisquer setor pode estar alinhado ao método.

Com isso, temos no Sistema de Controle Financeiro Empresarial uma ferramenta de ajuda. Uma vez que ele mantém os resultados positivos mesmo com as mais diversas mudanças no mercado.

E a gestão financeira deve estar otimizada diariamente para mostrar que há uma boa organização. De fato, saiba que é fundamental seguir todas as etapas que envolvem o processo.

Ao passo que é preciso ter cautela e seguir relatórios que sejam realistas. Contando com dados que possam ajudar a empresa a evoluir. De tal forma que é possível realizar reuniões para acompanhamento diretamente com a equipe que é responsável por este setor.

Confira alguns dos processos presentes nestes softwares:

  • Análise do fluxo de caixa;
  • Obrigações, riscos e direitos;
  • Controle das entradas e das saídas;
  • Avaliação dos relatórios financeiros;
  • Checagem dos dados patrimoniais;
  • Saldos bancários e as reservas financeiras.

Conclusão

Um Sistema de Controle Financeiro Empresarial é voltado para otimizar a gestão de uma empresa. Dessa forma, saiba que ele consegue automatizar as tarefas e os dados obtidos são adequados.

Assim, a organização consegue trazer as informações que necessita e isso deixa as atividades mais assertivas. Por isso, implementar um software correto fará com que sua empresa possa superar seus concorrentes. Portanto, o uso do sistema irá elevar a sua companhia a novos patamares.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conteúdos Relacionados a

Comitê de Pronunciamento Contábeis

CPC 02 R2 e os Efeitos das Demonstrações Contábeis

O CPC 02 tem por objetivo determinar como incluir transações em moeda estrangeira e operações no exterior nas demonstrações contábeis de uma entidade no Brasil e mostrar como converter as demonstrações contábeis de entidade no exterior para a moeda de apresentação das demonstrações contábeis no Brasil para fins de registro da equivalência patrimonial.

Continuar lendo »
Comitê de Pronunciamento Contábeis

CPC 04 e o Ativo Intangível

O objetivo do presente Pronunciamento Técnico é o de definir o tratamento contábil dos ativos intangíveis que não são abrangidos especificamente em outro Pronunciamento e estabelecer que uma entidade deve reconhecer um ativo intangível apenas se determinados critérios especificados nesse Pronunciamento forem atendidos.

Continuar lendo »
Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima