Gestão Patrimonial e Gerenciamento Imobiliário

Conceito Básico de Gerenciamento Imobiliário e a Gestão Patrimonial

Gestão Imobiliária: controlando efetivamente os ativos imobilizados das empresas

Gerenciamento imobiliário consiste no trabalho de catalogação, gestão contábil e cálculo da depreciação relativos ao contexto dos imóveis. No direito básico e no contexto da gestão patrimonial, são considerados imóveis todo e qualquer tipo de bem que não pode ser transladado sem que se altere a sua essência ou então suas características principais. Os imóveis se contrapõe diretamente aos bens móveis e como exemplos primordiais dos mesmos temos: prédios, galpões industriais e estruturas físicas desta mesma espécie em geral.

Ainda no contexto do direito Brasileiro e gestão patrimonial , ainda existem alguns tipos especiais de imóveis tais como imóveis por dedução que se tratam de bens de características móveis mas que no entanto estão atrelados e um bem imóvel e passam a compor o mesmo ( máquinas pesadas fixadas ao chão de um galpão industrial de manufatura, por exemplo ). Também podemos ter a excessão os imóveis por determinação legal que se tratam de bens móveis que para efeito de hipoteca na Lei Brasileira podem ser considerados como imóveis, como exemplo desta categoria de bens temos bens móveis de grande porte e valor tais como aeronaves de qualquer espécie, navios e iates, dentre outros ( a relação completa está especificada no Código Civil Brasileiro ). Para efeitos legais,os bens imóveis por determinação legal, assim como os imóveis propriamente ditos, tem as mesmas características jurídicas, podendo ser dados como garantias reais na realização de financiamentos ou então hipotecados.

Realizar a gestão, catalogação e administração dos bens de uma empresa é primordial para um bom projeto relativo a gestão patrimonial já que de um modo geral, juntamente com as patentes intelectuais os imóveis são os bens de maior valor financeiro dentro do acervo patrimonial de qualquer empresa, em especial as de grande e médio porte que já tem um acervo patrimonial mais voluptuoso.

A Influência do Tipo de Imóvel na Gestão Patrimonial

Existem diversos tipos distintos de imóveis e os mesmos são usados para diversos fins, dentro do contexto da gestão patrimonial tudo isso deve ser considerado. Impostos, questão relativa a contabilidade e até mesmo taxas de depreciação são fatores que podem variar e exigem uma atenção específica para cada tipo de imóvel. Como exemplos de distintos tipos de imóveis, e portanto de tratamento diferenciado dentro da gestão patrimonial, temos:

Imóvel de Caracteristica Industrial

Imóveis de Característica Industrial:

  • Instalações Industriais e de manufatura em geral
  • Galpões e estruturas físicas de armazenamento
  • Estações de tratamento de resíduos e lixo de qualquer espécie
  • Instalações de manutenção industriais
  • Oledutos, aquedutos e toda e qualquer estrutura com características semelhantes
  • Pátios para armazenamento de veículos e máquinas

Imóveis de Característica Comercial

  • Lojas de varejo
  • Galerias e Shopping Centers
  • Pontos comerciais de pequeno, médio e grande porte em geral
  • Depósitos de mercadorias para lojas

Imóvel de característica comercial

Imóvel de Característica Residencial

Imóveis de Características Residenciais

  • Casas
  • Edificios e Condomínios
  • Sítios, fazendas, ranchos ou propriedades rurais de mesma característica

Deixe uma resposta