Como Calcular o Valor de uma Empresa

Como Calcular o Valor de uma Empresa
Saber como calcular o valor de uma empresa faz grande diferença. E são vários os métodos disponíveis para isso.

Saber como calcular o valor de uma empresa é fundamental e permite um conhecimento mais profundo da mesma. De tal forma que existem alguns métodos principais que são utilizados no processo.

Assim, entenda que é importante que você esteja ciente e atualizado no assunto para melhores resultados. Então é sobre isso que vamos tratar neste artigo completo a respeito do tema.

Destaques

  • Métodos principais para Calcular o Valor de uma Empresa: São abordados pelo menos 3 métodos principais. Nesse caso, temos a avaliação do fluxo de caixa, valor de mercado e o patrimônio líquido. Explicando como cada um funciona e fornecendo exemplos práticos;
  • Dicas para uma Avaliação Precisa: São oferecidas dicas valiosas para uma avaliação precisa, enfatizando a consideração do setor e a importância da previsão financeira;
  • Avaliação de Pequenas Empresas: Destaca-se a importância e os desafios únicos da avaliação de pequenas empresas, especialmente MEIs, com indicação para um conteúdo mais aprofundado sobre o assunto.

O que é Valuation e por que é importante?

Antes de aprender como calcular o valor de uma empresa é essencial compreender o conceito de Valuation. Pois, saiba que ele consiste numa palavra inglesa com o significado de “avaliação de empresas”.

Dessa forma, entenda que o mesmo pode ser explicado também como sendo um processo para conversão. De uma determinada projeção numa estimativa em valor na empresa.

Ou mesmo de certa parte desta organização, sendo um campo de estudo. Com isso, compreenda que o grande objetivo dele é mensurar todo o valor que a empresa apresenta.

E são muitas as maneiras técnicas possíveis para que seja possível encontrar este valor. Com toda a certeza, isso será útil e facilitará a compreensão de como calcular o valor de uma empresa corretamente.

Como Calcular o Valor de uma Empresa: Métodos Principais

Conforme já foi mencionado no artigo existem diversos métodos de valuation. Dessa maneira, saiba que fica mais simples de definir o valor de mercado de uma empresa.

Além disso, esteja ciente de que esses dados mantêm sempre as informações organizadas e a disposição dos interessados. Servindo para mostrar as evoluções de uma empresa e sua evolução. Na sequência temos os dados a respeito de cada um dos métodos.

Avaliação pelo Fluxo de Caixa

Começamos pela avaliação de Fluxo de Caixa que é uma ferramenta financeira. Desse modo, entenda que ela pode ser interessante para ensinar como calcular o valor de uma empresa.

Visto que ela apura o saldo (disponível) momentaneamente para ajudar na projeção do futuro. Com isso, entenda que isso é importante para que sempre haja um capital de giro que seja acessível.

Seja para o custeio de uma operação ou para investimentos de otimização da mesma. Sem dúvida, saiba que é importante conhecer os métodos que permitem chegar aos resultados almejados.

Assim, compreenda que temos o fluxo de caixa descontado (FCD) que é bastante específico. Uma vez que ele se inicia na geração da renda de uma determinada empresa através das tarefas operacionais.

Projetando o montante com base numa taxa e com os descontos necessários. O que é conhecido como ajuste de dinheiro em tempo. Nisso, saiba que esse conhecimento é de grande importância ao procurar entender como calcular o valor de uma empresa.

Como funciona a avaliação pelo fluxo de caixa?

O fluxo de caixa descontado é um método muito usado por ser muito preciso, trazendo os dados com exatidão. Dessa forma, compreenda que os resultados são muito mais concretos do que dos outros métodos existentes.

Com isso, entenda que o cálculo requer uma análise do fluxo de caixa dos anos anteriores. Ao passo que isso abrange o quanto de períodos for possível e também analisa os fatores principais que são:

  • Receitas;
  • Despesas;
  • Custos.

Em seguida, é realizada a projeção do fluxo de caixa (futuro) mediante aos dados (base) captados durante a análise anterior. Sendo feito logo após isso a determinação da taxa de desconto. Dividindo então essa projeção a cada um dos anos, até que o fluxo de caixa tenha um valor (presente).

Por certo, entenda que compreender como calcular o valor de uma empresa irá gerar ótimos resultados. Nisso, ocorre também a somatória dos valores presentes em cada um dos anos.

Como resultado disso, compreenda que temos o valor da organização através do FCD. Confira na sequência um exemplo para ajudar ainda mais na compreensão.

Exemplo prático

Suponhamos que certa empresa fez o cálculo e a análise do seu fluxo de caixa. E não importa se ela é de capital aberto ou não. Com isso, entenda que temos a seguinte projeção para os lucros (período de 3 anos):

  • R$ 25 mil no primeiro ano;
  • R$ 27.500 mil no segundo ano;
  • R$ 30.250 mil no terceiro ano.

Enquanto que para saber como calcular o valor de uma empresa é preciso usar algumas fórmulas específicas. Dessa maneira, aplicando uma taxa (desconto) em 12% temos:

  • R$ 25 mil / (1,12): R$ 22.321,43;
  • R$ 27.500 mil / (1,12)²: R$ 21.922,83;
  • R$ 30.250 mil (1,12)³: R$ 21.531,35.

Consequentemente você chegaria ao valor de R$ 65.775,61 que é a somatória de todos os períodos. No caso, compreenda que usando o fluxo de caixa descontado esse seria o resultado final.

Avaliação pelo Valor de Mercado

A avaliação através do valor e mercado é outro método muito interessante que consegue trazer os dados necessários. Desse modo, compreenda que ele permite aprender como calcular o valor de uma empresa de modo adequado.

Assim, saiba que uma determinada empresa de capital aberto na bolsa de valores poderá ser avaliada desta forma. Visto que temos uma estratégia para a capitalização em mercado.

Onde o método em questão consistirá na multiplicação do número de ações (totais) pelo valor (preço) de cada uma das ações. Entretanto, entenda que a estratégia só levará em conta seu valor em financiamento (capital).

Sendo que o ideal é realmente ter uma mistura entre o financiamento e as dívidas da mesma. E estar ciente de como calcular o valor de uma empresa é importante, pois não é só o patrimônio líquido que serve como ajuda na hora escolher ativos na bolsa.

Como funciona a avaliação pelo valor de mercado?

Basicamente a avaliação utilizando o valor de mercado é feita mediante a capitalização. Dessa maneira, compreenda que a medição é feita através da multiplicação do número de ações no total. Com o preço que cada uma delas está valendo no mercado naquele período.

Um detalhe é que tal valor de mercado engloba o preço pelo qual alguns investidores realmente estão dispostos a pagar (ações). O que acaba influenciando bastante são os lucros gerados pela empresa.

Além da saúde financeira dela (economia) e do crescimento que ela vem obtendo. Por isso, compreender corretamente como calcular o valor de uma empresa faz muita diferença.

Com isso, entenda que para saber quanto uma organização vale é só fazer a somatória das ações da mesma. Enquanto que o preço dos ativos (ações) é definida através do mercado.

De fato, saiba que isso inclui os lucros, reputação, ativos e também o potencial para crescimento. Antigamente para definir o cálculo de valor da empresa era só fazer a soma de todos os valores de propriedades dela.

Contudo, entenda que atualmente é um pouco mais complicado, pois existem:

  • Estoques (terceirizados);
  • Prédios (alugados);
  • Operações (outras cidades);
  • Entre outros.

Exemplo prático

Você deve saber que há uma fórmula para chegar ao resultado de um valor de mercado. Dessa forma, saiba que fica mais simples de entender como calcular o valor de uma empresa.

Visto que a fórmula é simples:

  • VM = Número (ações) x Cotação.

Confira um exemplo para facilitar a compreensão:

  • Empresa disponibilizou no mercado: 100.000.00 (ações);
  • Custando o valor de: R$ 18,95 cada;
  • Como resultado disso, temos R$ 1,9 bilhões.

Avaliação pelo Patrimônio Líquido

Outro método eficiente é a avaliação através do patrimônio líquido de uma empresa. De tal forma que o valor consiste na diferença dos seguintes elementos:

  • Ativos (circulantes): aqueles que poderão ser convertidos para dinheiro (curto prazo). Alguns exemplos são o caixa, contas a receber, contas de banco e estoque;
  • Ativos (não circulantes): são itens que se tornam valores monetários apenas no médio ou longo prazo. Nisso temos os imóveis, equipamentos, máquinas, entre outros;
  • Passivos (circulantes): aqui estão os fornecedores, tributos, dívidas, obrigações fiscais;
  • Passivo (longo prazo) e exigível: dívidas prolongadas, tributos em parcelas, financiamentos, etc.

Como funciona a avaliação pelo patrimônio líquido?

Seguindo o raciocínio de como calcular o valor de uma empresa pelo patrimônio líquido basta que os dados estejam organizados. Visto que o cálculo em questão é feito somando o patrimônio (líquido) total da organização.

Ao passo que quanto mais elevado for o resultado, isso indica que a companhia deve ter um valor mais alto. Decerto, compreenda que a conta é bem simples e envolve apenas uma fórmula:

  • Valor (patrimônio) empresa: Ativos – Passivos.

Vale destacar que os enfoques se dividem em dois tipos:

  • Valor Patrimonial (Liquidação): que no caso é o valor (mercado) que é útil nas empresas que estão com dificuldades;
  • Valor Patrimonial (Contábil): seria o histórico dos valores, sendo utilizado como uma referência.

Exemplo prático

Agora vamos conferir como calcular o valor de uma empresa através de um exemplo prático. Já que isso ajuda a compreender melhor e mostra um cenário que pode ocorrer no dia a dia:

  • A empresa tem um imóvel (financiado) que é um ativo;
  • O valor do imóvel será de R$ 400 mil, sendo R$ 200 mil já quitados;
  • O automóvel é outro bem adquirido com valor de R$ 80 mil;
  • Por sua vez, as ações valem R$ 100 mil;
  • No total R$ 380 mil em passivos e o valor deles soma em R$ 225 mil.

Assim, compreenda que a fórmula ficaria do seguinte modo:

  • Patrimônio Líquido: R$ 380 mil – R$ 225 mil;
  • Resultando em: R$ 155 mil.

Como calcular o valor de uma pequena empresa?

Aprender como calcular o valor de uma empresa requer um bom conhecimento dos métodos disponíveis. Entretanto, saiba que para as pequenas empresas, tais como os MEIs é preciso mais cautela.

Visto que temos características e desafios que são únicos na avaliação. De tal modo que a análise da empresa (pequena) irá exigir uma maior compreensão nos aspectos financeiros.

Além disso, saiba que os fatores intangíveis também podem influenciar nos valores. Enquanto que a análise deve ser mais aprofundada, especialmente para os Microempreendedores Individual (MEIs). Por isso, confira o nosso artigo completo e detalhado sobre Business Valuation para MEIs.

Dicas para uma Avaliação Precisa

Algumas dicas podem ser úteis na hora de avaliar a sua empresa. Sem dúvida, a primeira delas é ter todos os dados organizados e disponíveis para conseguir definir o quanto a mesma evoluiu ou não no mercado.

Pois, compreenda que não tem como calcular o valor de uma empresa sem as informações corretas. A segunda dica é escolher o método certo para poder chegar até os resultados almejados.

Que no caso podem ser os citados acima, incluindo a avaliação pelo fluxo de caixa, por patrimônio líquido ou valor de mercado. Dessa maneira, saiba também que uma empresa precisa ser analisada não somente pelos ativos.

Mas deve-se incluir o que ela poderá vir a render futuramente, o que não pode ser desprezado. Caso seja preciso é importante considerada a ajuda de uma empresa especializada para orientar nestas questões financeiras. A fim de que tudo saia conforme o esperado e que renda bons frutos.

Considerações sobre o setor

Para saber exatamente como calcular o valor de uma empresa é preciso estar ciente de todos os cenários. Dessa forma, compreenda que é fundamental considerar o setor, os concorrentes e tudo mais que for necessário.

Além de captar os dados necessários para que as avaliações possam ser feitas da melhor maneira possível. Vale ressaltar que em empresas de capital aberto os investidores vão precisar desses dados para investirem na companhia.

A importância da previsão financeira

Um detalhe essencial é garantir com que haja a previsão financeira na empresa. Já que isso possibilita visualizar cenários no médio ao longo prazo. E faz com que a organização possa encontrar medidas assertivas.

Visto que certas coisas e elementos podem vir a trazer impactos reais no empreendimento. Nisso, entenda que as projeções são de grande utilidade, mostrando passos a serem seguidos e os que podem ser evitados.

Conclusão

Você entendeu como calcular o valor de uma empresa e quais são os métodos existentes. Dessa maneira, entenda que cada um deles é específico e deve ser aplicado da maneira correta.

Certamente, saiba que uma organização precisa estar atualizada e com os dados sempre disponíveis. A fim de que seja possível se destacar em seu setor ou mesmo na bolsa de valores.

Por certo, compreenda que o cálculo de valor da empresa é fundamental e mostra as evoluções da mesma. Portanto, entenda que você precisa alinhar isso aos seus negócios para garantir melhores resultados.

FAQ

Como calcular o valor de uma empresa de capital aberto?

Para saber como calcular o valor de uma empresa são usadas várias técnicas. Sendo a mais comum a avaliação pelo valor de mercado. Assim, compreenda que isso envolverá a multiplicação do preço (atual) da ação pelo número (total) das ações emitidas. Contudo, saiba que tal abordagem não reflete os valores reais desta empresa caso o mercado se mostre superestimado/subestimado.

Como o fluxo de caixa afeta o valor de uma empresa?

O fluxo de caixa é um dos indicadores cruciais de saúde financeira da empresa. Visto que ao estar positivo, o mesmo mostra que a organização tem mais dinheiro que seus gastos. Gerando um aumento de valor, porém o fluxo negativo indica problemas financeiros, diminuindo o valor da mesma.

O que é valor de mercado e como é calculado?

No caso do valor de mercado ele é o preço na qual um ativo é negociado no mercado (competitivo e aberto). Desse modo, na empresa temos o cálculo multiplicando seu preço (atual) da ação pelo seu número (total) das ações que foram emitidas.

Como o patrimônio líquido influencia o valor de uma empresa?

Definir como calcular o valor de uma empresa é importante e conhecer o patrimônio líquido também. Dessa forma, saiba que esse patrimônio consiste na diferença dos ativos e passivos. Tendo alto valor intrínseco na empresa. De tal forma que a organização com alto patrimônio é bem mais valiosa. Já que isso indica que a mesma possui mais ativos que dívidas.

Quais são os erros comuns ao avaliar o valor de uma empresa?

Entre os erros mais comuns podemos destacar a confiança exagerada num só método de avaliação. Além disso, compreenda que não levar em conta os fatores intangíveis, tais como marca e a reputação ou mesmo as tendências (setor) são alguns dos pontos principais.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque
Comitê de Pronunciamento Contábeis

CPC 08 e Custos em Emissão de Títulos

O CPC 08 tem por objetivo prescrever o tratamento contábil aplicável ao registro de custos incrementais incorridos em ações ou bônus de subscrição, na captação de recursos por meio de emissão de títulos de dívida e também em outros títulos patrimoniais de dívida.

Continuar lendo »
Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima