Como fazer um inventário de estoque?

Como fazer um inventário de estoque?
Saber como fazer um inventário de estoque é de grande importância para as empresas. E conhecer os passos ajudará no processo.

Você sabe como fazer um inventário de estoque que seja competente e efetivo para sua empresa? Pois, entenda que este é um processo essencial para garantir que tudo fique em suas conformidades.

Assim, você deve compreender que a atividade em questão envolve a contagem dos produtos e das mercadorias. Então é sobre este tema complexo que vamos tratar neste artigo.

Pontos Chave

  • Inventário de Estoque: Processo de contabilização dos produtos e das mercadorias de um estoque. Onde temos itens que estão concluídos e as matérias-primas (insumos);
  • Passos do Inventário de Estoque: É necessário fazer o planejamento, organizar o estoque, contar todos os itens, atualizar o sistema e analisar corretamente os dados;
  • Sistema RFID: Uma tecnologia moderna que é similar ao código de barras. Porém, entenda que são usadas etiquetas e leitores que funcionam com ondas de rádio frequência. Permitindo a leitura de lotes e mesmo estando a distância dos produtos.

O que é um inventário de estoque?

Como fazer um inventário de estoque?

O primeiro ponto que você deve saber é exatamente o que vem a ser um inventário de estoque. Afinal, entenda que ele é fundamental para as empresas, já que lida com um departamento muito importante das mesmas.

Dessa forma, compreenda que aprender como fazer um inventário de estoque será de grande utilidade. Uma vez que tal processo engloba a criação de uma listagem com os produtos que estão no armazém.

Ao passo que o mesmo serve para ajudar na identificação, classificações e ainda permite definir valores dos itens. Servindo diretamente para as mercadorias finalizadas e para os insumos (matérias-primas).

Não importando se isso é da própria empresa ou mesmo de terceiros que tenham relação com a mesma. Outro ponto essencial é que é de grande importância ter um armazenamento efetivo nas empresas.

Visto que isso evita problemas e prejuízos, tais como, perdas nos volumes, incompatibilidade nas compras, entre outros. Com isso, entender como fazer um inventário de estoque ajudará bastante na tarefa.

Vale destacar que o método quando feito manualmente acaba sendo muito complicado. Podendo surgir erros e falhas que possam comprometer toda a contagem e gerar prejuízos para as organizações.

Ademais, saiba que a utilização de um sistema (software) muitas vezes traz várias contribuições. Embora o ideal é seguir os passos adequados para que se possa chegar aos resultados almejados.

Qual é a utilidade de um inventário de estoque?

Este inventário (estoque) tem o objetivo de garantir com que haja um controle efetivo no setor. Devido ao fato de que mostra de forma clara quais são os produtos/mercadorias do estoque e suas quantidades.

Tendo informações de grande relevância para as tomadas de decisões e planejamentos futuros. Além de evitar com que ocorram excessos ou mesmo ausências de itens no departamento.

Desse modo, compreender como fazer um inventário de estoque irá trazer um bom direcionamento. Indicando se existem algumas fraudes, desvios, roubos ou problemas do tipo acontecendo na empresa.

O inventário de estoque consegue também verificar os dados de maior relevância. A fim de que a equipe possa vir a criar soluções para os empecilhos que surgirem nos processos.

Por certo, entenda que é preciso ter o Giro de Estoque para mostrar as saídas de todos os itens. Com isso, compreenda que temos o auxílio na compra ou na verificação de itens obsoletos.

Sem dúvida, saiba que com tudo em dia e bem alinhado, o atendimento aos clientes será excelente. Por isso, entenda que é preciso saber como fazer um inventário de estoque e vamos verificar estas informações na sequência do texto.

Como é feito o inventário de estoque?

Você viu que o inventário de estoque é de grande importância e que ele permite uma visão ampla do departamento. Dessa maneira, compreenda que é necessário seguir alguns passos para que o processo tenha ótimos resultados.

Nisso, saiba que a divisão é feita em algumas etapas, ou seja, os níveis que são realizados um a um. Confira quais são os passos nos tópicos abaixo:

1- Planejamento

A etapa inicial conta com o planejamento, que costumeiramente ocorre na grande maioria dos projetos. Já que indica exatamente onde se pretende chegar com a tarefa e quais são os reais objetivos.

Além disso, entenda que nele temos as definições das datas, métodos (contabilizações) e o tempo para tal processo. Enquanto que é um ponto que deve ser feito com muita cautela e atenção até seguir para o passo seguinte.

2- Organização

Logo após o plano inicial haverá a organização de todo este estoque para que seja feita a contagem. E compreender como fazer um inventário de estoque envolve conhecer as etapas.

Uma vez que no segundo nível são removidos todos os possíveis obstáculos que possam atrapalhar. Sendo que as divisões ocorrem por categorias de produtos e mercadorias, incluindo e anexando as etiquetas nos itens. É possível fazer isso por RFID que deixa tudo ainda mais preciso e seguro.

3- Contabilização

Em seguida, você tem a contabilização dos produtos, mercadorias e das matérias-primas. De tal forma que é feita a contagem, onde pode-se fazer a atividade de forma manual ou por software.

Obviamente não tem como fazer um inventário de estoque sem que haja a contabilização. Já que isso é o grande ponto a ser realizado e que mostrará o cenário real do setor.

4- Verificar a contagem

Aqui temos a verificação para ver se a contagem foi feita conforme o esperado. E observa-se também se não houve algum erro ou falha no processo. Nisso, compreenda que é feita uma comparação do modo manual de contagem com o sistema (software).

Ou seja, analisa-se os registros do programa para saber se tudo está alinhado. Possibilitando fazer uma recontagem e corrigindo detalhes que possam comprometer a tarefa.

5- O sistema é atualizado

Você está vendo como fazer um inventário de estoque e a maneira pela qual isso é feito. Dessa forma, compreenda que no passo seguinte temos a atualização do sistema.

Onde os resultados obtidos são direcionados ao software de gestão da empresa. Fazendo com que os dados sejam incluídos no programa para que sejam utilizados quando for necessário.

Neste ponto temos as informações precisas para indicar compras, produtos obsoletos e outros detalhes essenciais. Por isso, entenda que o ideal é ter cautela e incluir os dados com muita competência no sistema.

6- Analisar os resultados

Por último temos a análise dos resultados, ou seja, as informações contidas dentro do inventário de estoque. De tal modo que permite a identificação das áreas a serem otimizadas, além de mostrar medidas corretivas.

Sem dúvida, saiba que contar com os dados corretos irá ajudar muito a empresa a se organizar. Assim, entender de fato como fazer um inventário de estoque de qualidade será fundamental.

Quais são os métodos de contagem do inventário de estoque?

Como fazer um inventário de estoque?

Você precisa saber também que existem alguns métodos de contagem do estoque. Com isso, compreenda que é possível escolher um deles, mas tudo depende da empresa e das características dela.

Nisso, saiba que temos:

A contagem manual

É um formato de contabilização que é considerado mais simples e bastante econômico. Desse modo, compreenda que ele possibilita uma contagem precisa, porém exige funcionários muito bem treinados.

Visto que podem surgir erros e falhas, já que o processo é feito item por item. O que realmente acaba sendo mais trabalhoso e complicado de fazer. Exigindo atenção do colaborador e muita paciência.

Amostragem

Outro método interessante é a amostragem, onde a eficiência é superior ao modo manual. Afinal, entenda que é usada uma amostra que serve para representar este estoque. Facilitando um pouco mais na hora de chegar a uma contagem mais efetiva.

Contabilização automatizada

Aprender corretamente como fazer um inventário de estoque é de grande importância. E com a contabilização automática isso fica muito mais simples e prático de ser feito.

Uma vez que os sistemas automáticos, tais como, o RFID são excelentes para realizar leituras nos produtos. Na sequência vamos explicar melhor o RFID que é uma ótima alternativa frente ao código de barras.

RFID no inventário de estoque

A tecnologia conhecida como RFID é extremamente interessante para uso em um estoque. Pois, saiba que a mesma permite resultados muito adequados e de forma rápida e com alta precisão.

Desse modo, compreenda que o modelo funciona através das ondas de rádio frequência. Ao passo que automatiza as leituras, garantindo rapidez e muita eficiência no processo.

Enquanto que ao saber como fazer um inventário de estoque tudo ficará ainda mais completo. Já que haverá uma integração adequada que facilitará na identificação dos produtos e mercadorias.

Vale ressaltar que para isso são usadas as etiquetas inteligentes RFID, o leitor, o chip, a antena e um software. Onde tal conjunto captará os dados para que eles sejam utilizados na empresa.

Entre os benefícios do RFID no processo temos:

  • Diminuição da mão de obra e do tempo gasto nas atividades;
  • Maior segurança e confiabilidade;
  • Visibilidade otimizada no estoque;
  • Alta precisão;
  • Leitura a distância e em lotes.

Conclusão

E conclusão, saiba que é de grande utilidade compreender como fazer um inventário de estoque. Sendo que a tarefa permite uma contabilização correta e efetiva de todos os itens presentes no setor.

Além disso, entenda que é possível fazer isso de modo manual ou por software. E é preciso planejar o procedimento e seguir os passos que foram indicados no artigo para melhores resultados.

FAQ: Perguntas Frequentes

Como calcular inventário de estoque?

Para calcular o inventário de estoque é necessário usar a fórmula: custo (mercadorias) vendidas = R$ de seu estoque inicial + R$ de suas compras (período) – R$ de seu estoque final.

Quais são os tipos de inventário de estoque existentes?

Os inventários existentes nas empresas englobam o anual, dinâmico, rotativo, cíclico e o geral. Com isso, entenda que é preciso analisar quais deles são os mais interessantes e ideais aos negócios.

Quem faz o inventário de estoque?

O processo em questão é feito pelas empresas quando ela achar pertinente. Nesse sentido, compreenda que é possível fazer anualmente ou de tempos em tempos, tudo depende do método escolhido.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conteúdos Relacionados a

Armazém Bem Organizado: Esta imagem mostra um armazém espaçoso com corredores claramente marcados, prateleiras organizadas e áreas designadas para diferentes tipos de produtos. Inclui empilhadeiras e trabalhadores do armazém movimentando e organizando mercadorias de maneira eficiente, destacando o uso da tecnologia RFID.

Layout de Estoque

Você sabe o que é layout de estoque e qual é o objetivo dele ao ser implementado nas empresas? Pois, saiba que o conceito em questão consiste numa organização coerente

Continuar lendo »
Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima