Sistemas de armazenamento de paletes com RFID

Sistemas de armazenamento de paletes com RFID
Os sistemas de armazenamento de paletes com rfid são úteis para as empresas. Já que organizam, otimizam e ainda trazem muitas vantagens.

Você já ouviu falar dos sistemas de armazenamento de paletes com RFID e da importância deles? Pois saiba que tal tecnologia ajuda na identificação através do uso da radiofrequência.

Assim, compreenda que isso permite com que sejam realizados rastreamentos e gestões dos paletes com mais competência. Então é sobre este tema que vamos tratar neste artigo completo a respeito do assunto.

Pontos Chave

  • Função Principal: Realizar o rastreio e a gestão dos paletes de modo automático e com alto grau de eficiência; 
  • Benefícios: rastreamento em tempo real, alta precisão nos inventários, maior grau de eficiência, diminuição nos custos, segurança, integração aos demais sistemas, flexibilidade, escalabilidade, manter um serviço de alta qualidade para os clientes e contar com a sustentabilidade necessária;
  • Recursos Disponíveis: o rastreio feito em tempo real, evitar contagens manuais, diminuição nos erros, alto grau de eficiência, automatização dos processos, visualização de desempenho, otimização dos espaços, redução dos custos nas operações, trazer melhores retornos nos investimentos, configurar alertas, personalização, entre outros;
  • Variabilidade: frequências (UHF, HF e LF), modelos de etiquetas RFID, leitores, softwares para armazenar os dados (gestão), integração aos outros sistemas da empresa, customização necessárias, porte do armazém, formato dos paletes (volume) e o orçamento disponibilizado;
  • Adaptação: avaliação das reais necessidades, escolha da tecnologia adequada, implementação do projeto na empresa, integrações, testes, ajustes, monitoração constante, suporte, etc.

O que é RFID?

Em primeiro lugar é importante saber exatamente o que vem a ser o RFID e para que ele é utilizado. Desse modo, compreenda que a sigla significa Radio-Frequency Identification, ou seja, Identificação por Radiofrequência.

Com isso, entenda que a tecnologia inovadora possibilita o rastreio dos objetos de modo automático. Sendo que utiliza as ondas de radiofrequência para que a tarefa possa ser realizada sem dificuldades.

Já os sistemas de armazenamento de paletes com rfid conseguem trazer ótimos benefícios sendo uma ótima ferramenta. Uma vez que as etiquetas eletrônicas (tags) são afixadas nos produtos, mercadorias, paletes e em outros locais.

No conjunto temos o chip que contém os dados mais importantes e que podem ser obtidos. Através de um leitor de RFID que ficará em algum ponto estratégico para realizar a leitura mesmo a distância.

A antena é outro item contido na tecnologia e que auxilia na captação das informações. Enquanto que o sistema de computador receberá os dados enviados pelo leitor.

Vale destacar que o RFID se parece muito com o código de barras, porém apresenta algumas diferenças. E uma delas é justamente o fato de não precisar de contato direto para funcionar. Além de poder realizar leituras em lotes de itens e por guardar muitas informações.

Como funcionam os sistemas de armazenamento de paletes com RFID?

Sistemas de armazenamento de paletes com RFID

Você viu anteriormente o que é o RFID e para qual direcionamento ele é aplicado em uma empresa. De tal forma que os sistemas de armazenamento de paletes com rfid conseguem trazer diversas contribuições.

No caso dos paletes a aplicação é feita através das etiquetas inteligentes que também recebem o nome de tags. Onde as mesmas podem receber a leitura mesmo estando distantes do leitor.

O que demonstra mais eficiência e competência do que o código de barras. E uma faixa de luz será utilizada para fazer o processo de identificação das informações (produto, mercadoria ou objeto).

No caso, entenda que o chip (micro) irá receber sinais via rádio através de um tipo de transmissor. Que fará o envio dos dados a respeito da localização (tempo real) do item.

Sendo que isso é direcionado para um software especializado que é conhecido como um programa de computador. Dessa forma, entenda que as informações poderão ser tratadas e se tornam utilizáveis pela empresa.

Já os paletes consistem nas plataformas horizontais, que podem ser feitas em madeira, metal ou plástico. Ao passo que conseguem unificar e tornar mais fácil o processo de manuseio, armazenamento e transporte dos produtos/mercadorias.

Por certo, compreenda que os sistemas de armazenamento de paletes com RFID são de grande utilidade. Uma vez que os paletes são robustos para suportarem as cargas mais pesadas e precisam estar organizados.

Aliás, saiba que o fluxo de materiais no armazém requer uma otimização para funcionar de modo efetivo. Assim, você deve saber que a inclusão do sistema RFID é essencial para melhores resultados. Nisso, os paletes recebem as etiquetas que ficam afixadas a eles, onde estão os dados do item.

Passo a passo para implementar os sistemas de armazenamento de paletes com RFID

Sistemas de armazenamento de paletes com RFID

É importante conhecer o passo a passo da implementação da tecnologia RFID nos paletes de uma empresa. Visto que o método inovador consegue extrair o máximo dos itens e a administração do ambiente será completa.

Dessa maneira, entenda que as etapas necessárias são:

  1. Planejamento: definir os objetivos, analisar o grau de viabilidade, selecionar as tecnologias, definir as infraestruturas e escolher o software adequado para o projeto;
  2. Implementação: adquirir um hardware para o sistema de RFID (antena, chip, etiquetas, leitor e programa). Em seguida, você deve fazer a instalação de toda a infraestrutura, realizar a configuração do software, codificar as etiquetas e treinar as equipes;
  3. Testes/otimizações: os sistemas de armazenamento de paletes com RFID requerem também a fase dos testes. Bem como dos monitoramentos de desempenho e da realização de alguns ajustes essenciais.

Outros pontos importantes incluem:

  • Realizar a integração aos sistemas já existentes na empresa, que incluem a gestão de estoque;
  • Trazer medidas que possam fortalecer a segurança dos dados;
  • Realizar as manutenções deste sistema de forma regular.

Vale ressaltar que você deve considerar os objetivos principais da inserção do projeto em sua empresa. Onde é fundamental fazer a seleção das tecnologias RFID que serão utilizadas (frequências) e treinar muito bem a equipe participante.

Quais são as vantagens de contar com a tecnologia RFID nos paletes?

Sistemas de armazenamento de paletes com RFID

A implementação do RFID nos paletes realmente consegue trazer vantagens que são excelentes para os negócios. Afinal, compreenda que tudo ficará alinhado e muito bem organizado, facilitando as operações.

Enquanto que os setores de estoque e de logística vão ser otimizados, evitando erros/falhas e gerando economia. Confira quais são os benefícios de contar com os sistemas de armazenamento de paletes com RFID:

  • Rastreamento em tempo real: é possível fazer o acompanhamento dos itens, sabendo a localização deles e também o status. Mostrando desde que o produto é recebido até que ele seja entregue. Além disso, compreenda que a cadeia de suprimentos terá maior visibilidade, ajudando nas tomadas de decisões;
  • Alta precisão na criação dos inventários: a quantidade de erros e de falhas serão muito menores. Evitando com que as contagens tenham que ser feitas manualmente, diminuindo os custos e o gasto de tempo;
  • Eficiência elevada: as tarefas manuais são automatizadas, auxiliando nas contagens dos paletes, expedições e os recebimentos. Sendo que o RFID gera rapidez no fluxo dos materiais, além de aumentar as operações no armazém;
  • Diminuição dos custos: tendo um armazenamento otimizado diminuem-se as perdas e há uma agilidade na parte logística. Enquanto que os custos nas operações são economizados;
  • Otimização na segurança: haverá uma boa monitoração nos acessos até os paletes, além de prevenir os furtos e as perdas;
  • Integração: com o uso dos sistemas de armazenamento de paletes com RFID é simples de integrá-los a outros softwares. Que podem ser do tipo ERP ou WMS;
  • Flexibilidade: o projeto consegue se alinhar e adaptar corretamente as necessidades apresentadas pelas empresas. Ao passo que os sistemas podem ser personalizados para atender a empresa;
  • Escalabilidade: o modelo comporta o crescimento da organização e consegue ser dimensionado;
  • Entre outros.

Conclusão

O uso de RFID no armazenamento de paletes nas empresas é uma tarefa que rende ótimos resultados. Uma vez que a identificação via radiofrequência permite rastrear e administrar o setor com mais eficiência.

Já que o processo é feito em tempo real e os itens podem ser localizados com muita rapidez. Enquanto que só é preciso contar com as etiquetas inteligentes que ficam afixadas nos paletes e com o restante do sistema.

Que no caso incluem a antena, o chip, o leitor e o programa de computador que receberá os dados. Por certo, saiba que os leitores precisam ficar bem posicionados, embora consigam captar as informações mesmo a distância.

Com isso, entenda que os sistemas de armazenamento de paletes com RFID possibilitam a automatização das atividades. Evitando os erros, falhas e outros empecilhos que venham a atrapalhar as operações da empresa.

Os benefícios são muitos, incluindo o rastreio em tempo real, a precisão dos inventários e a otimização na segurança. Assim, compreenda que é muito importante implementar este projeto na sua organização.

Perguntas Frequentes

Onde o sistema RFID pode ser utilizado?

O sistema de RFID é bastante aplicado em estoques e na logística, trazendo várias contribuições. Desse modo, saiba que os processos incluem a separação dos itens, o transporte, estoque, inventários, manuseios e o controle de qualidade de todos os produtos e mercadorias.

Quais são os tipos de etiquetas inteligentes de RFID?

As etiquetas de RFID podem ser ativas, semipassivas ou passivas, se diferenciando em alguns aspectos específicos. Além disso, saiba que algumas delas podem ser reutilizadas, o que é um ponto favorável.

Quais são os tipos de frequências do sistema RFID?

As frequências mais comuns do RFID são a LF (Baixa Frequência), a HF (Alta Frequência) e a UHF (Ultra Alta Frequência). Entretanto, saiba que existem ainda a micro-ondas e as milimétricas que alcançam até 10 metros de distância.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conteúdos Relacionados a

Comitê de Pronunciamento Contábeis

Redução ao Valor Recuperável de Ativos – Mudança Lei 11.638/07

O Comitê de Pronunciamentos Contábeis reitera o pronunciamento técnico CPC 01 sobre a Redução ao Valor Recuperável de Ativos. Conforme Art. 3º, Considera-se de grande porte, para fins exclusivos desta lei, a sociedade ou conjunto de sociedades sob controle comum que tiver, no exercício social anterior, ativo total superior a R$ 240.000.000,00 ou receita bruta anual superior a R$ 300.000.000,00”

Continuar lendo »
Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima