Etiquetas RFID para Inventario de patrim√īnio ūüŹ∑ÔłŹ

Etiquetas RFID para Inventario de patrim√īnio 2

Etiquetas RFID para Invent√°rio de Patrim√īnio: uma solu√ß√£o moderna e eficiente para gerenciamento de ativos. Imagine poder inventariar todos os bens de uma empresa com rapidez e precis√£o inigual√°veis. Com a etiqueta RFID, isso n√£o √© apenas poss√≠vel, mas tamb√©m pr√°tico.

Essas etiquetas, pequenos dispositivos tecnológicos, transformam o processo de rastreamento e gestão de ativos. Elas são fundamentais em ambientes onde a contagem precisa e rápida de itens é essencial. Já pensou na facilidade de rastrear todos os ativos da sua empresa em tempo real?

Essa tecnologia se destaca n√£o s√≥ no setor de varejo, mas tamb√©m em campos avan√ßados como transporte, ped√°gios e at√© na rob√≥tica e explora√ß√£o espacial. A versatilidade da Etiqueta RFID para Invent√°rio de Patrim√īnio ressalta sua import√Ęncia em diversas aplica√ß√Ķes.

As Etiquetas RFID funcionam dentro de um sistema de identificação por radiofrequência, composto por etiquetas, antenas e leitores, que utiliza ondas eletromagnéticas para acessar dados em um chip. Esta eficiência revoluciona a gestão de ativos, integrando-se facilmente a sistemas empresariais.

Voc√™ est√° pronto para descobrir como essa tecnologia pode otimizar o invent√°rio de patrim√īnio da sua empresa?

Exemplo pratico da Etiqueta RFID para Inventario de patrim√īnio em tempo real.

Transforme seu Controle de Estoque com Tecnologia RFID!

Você quer rastrear seu inventário em tempo real com a máxima precisão?

Descubra como nosso sistema RFID para controle de estoque pode revolucionar a forma como voc√™ gerencia seus produtos. A CPCON oferece solu√ß√Ķes avan√ßadas que trazem efici√™ncia e redu√ß√£o de custos para o seu neg√≥cio.

Conheça Nosso Sistema RFID

Etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio

As etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio s√£o dispositivos que permitem a identifica√ß√£o autom√°tica de bens e ativos. Elas s√£o compostas por um chip e uma antena que transmitem informa√ß√Ķes por meio de ondas de r√°dio frequ√™ncia.

As etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio s√£o geralmente usadas em ambientes industriais e comerciais para rastrear a localiza√ß√£o de ativos, como equipamentos, ferramentas e materiais. Elas tamb√©m podem ser usadas para controlar o acesso a √°reas restritas, como armaz√©ns e laborat√≥rios.

Como funcionam as etiquetas RFID em um inventario patrimonial?

Etiquetas RFID para Inventario de patrim√īnio 2

As etiquetas RFID funcionam emitindo um sinal de r√°dio quando s√£o ativadas por um leitor RFID. O leitor RFID captura o sinal e o decodifica, fornecendo as informa√ß√Ķes armazenadas na etiqueta.

As informa√ß√Ķes armazenadas na etiqueta podem incluir:

  • Identifica√ß√£o do ativo: O n√ļmero de s√©rie ou outro identificador √ļnico do ativo.
  • Propriedade do ativo: A empresa ou pessoa propriet√°ria do ativo.
  • Localiza√ß√£o do ativo: O local onde o ativo est√° localizado.
  • Condi√ß√Ķes do ativo: A condi√ß√£o atual do ativo.

Benef√≠cios das etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio

As etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio oferecem uma s√©rie de benef√≠cios, incluindo:

  • Agilidade: As etiquetas RFID permitem que os invent√°rios sejam realizados de forma mais r√°pida e eficiente. Isso ocorre porque as etiquetas podem ser lidas de forma remota, sem a necessidade de contato f√≠sico.

Por exemplo, uma empresa que usa etiquetas RFID para rastrear equipamentos de construção pode realizar um inventário completo de seu parque de equipamentos em apenas algumas horas, em vez de dias ou semanas.

  • Precis√£o: As etiquetas RFID s√£o extremamente precisas, pois n√£o s√£o suscet√≠veis a erros humanos.

Isso ocorre porque as etiquetas RFID não precisam ser lidas por um funcionário, o que elimina a possibilidade de erros de digitação ou identificação.

  • Redu√ß√£o de custos: As etiquetas RFID podem ajudar a reduzir os custos de invent√°rio, pois eliminam a necessidade de m√£o de obra para realizar o processo manualmente.

Uma empresa que usa etiquetas RFID pode reduzir seus custos de inventário em até 50%.

Exemplos de uso de etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio

A imagem apresenta um diagrama explodido de uma etiqueta RFID, destacando suas camadas e componentes individuais. A ilustra√ß√£o √© dividida em seis se√ß√Ķes principais, cada uma delas marcada com um n√ļmero que corresponde a uma parte espec√≠fica da etiqueta: Camada Protetora: No topo do diagrama, essa camada funciona como um escudo para os componentes internos, protegendo-os de danos ambientais e f√≠sicos. Camada Sobre Metal: Esta se√ß√£o sugere que a etiqueta foi projetada para ser usada em superf√≠cies met√°licas, possivelmente com materiais ou tratamentos espec√≠ficos que permitem que o RFID funcione corretamente pr√≥ximo ao metal. CHIP RFID: O cora√ß√£o da etiqueta, o CHIP RFID √© mostrado como um componente separado. Ele armazena as informa√ß√Ķes e comunica com o leitor atrav√©s da antena. Antena IC: Localizada abaixo do chip, a Antena IC √© respons√°vel por transmitir e receber sinais de r√°dio. Camada Adesiva 3M: Esta camada √© feita pela 3M, uma conhecida fabricante de produtos adesivos. Ela permite que a etiqueta seja fixada a uma variedade de superf√≠cies. Liner de Libera√ß√£o: A base do diagrama mostra o liner de libera√ß√£o, que protege a camada adesiva at√© que a etiqueta esteja pronta para ser aplicada.
Etiqueta RFID “On-metal” para ser usada em objetos met√°licos.

As etiquetas RFID para invent√°rio de patrim√īnio podem ser usadas em uma ampla variedade de aplica√ß√Ķes, incluindo:

  • Rastreamento de ativos: As etiquetas RFID podem ser usadas para rastrear a localiza√ß√£o de ativos, como equipamentos, ferramentas e materiais.

Por exemplo, uma empresa de manufatura pode usar etiquetas RFID para rastrear a localização de suas máquinas e equipamentos.

  • Controle de acesso: As etiquetas RFID podem ser usadas para controlar o acesso a √°reas restritas, como armaz√©ns e laborat√≥rios.

Por exemplo, uma empresa de tecnologia pode usar etiquetas RFID para permitir que apenas funcion√°rios autorizados acessem suas salas de servidores.

  • Gest√£o de estoque: As etiquetas RFID podem ser usadas para gerenciar o estoque de produtos e materiais.

Por exemplo, um varejista pode usar etiquetas RFID para rastrear a quantidade de produtos disponíveis em suas lojas.

Como escolher as etiquetas RFID adequadas para o seu invent√°rio de patrim√īnio

Ao escolher as etiquetas RFID adequadas para o seu invent√°rio de patrim√īnio, √© importante considerar os seguintes fatores:

  • O tipo de ativo que voc√™ deseja rastrear: As etiquetas RFID est√£o dispon√≠veis em uma variedade de formatos e tamanhos para atender √†s necessidades de diferentes tipos de ativos.

Por exemplo, etiquetas RFID maiores s√£o mais adequadas para ativos grandes, como m√°quinas e equipamentos. Etiquetas RFID menores s√£o mais adequadas para ativos pequenos, como ferramentas e materiais.

  • A dist√Ęncia de leitura: A dist√Ęncia de leitura √© a dist√Ęncia a partir da qual a etiqueta RFID pode ser lida. As etiquetas RFID com maior dist√Ęncia de leitura s√£o mais adequadas para ambientes amplos.

Por exemplo, uma empresa que usa etiquetas RFID para rastrear equipamentos de constru√ß√£o pode precisar de etiquetas com dist√Ęncia de leitura de 100 metros ou mais.

  • O ambiente de opera√ß√£o: As etiquetas RFID est√£o dispon√≠veis em uma variedade de materiais e acabamentos para suportar diferentes ambientes de opera√ß√£o.

Por exemplo, etiquetas RFID que ser√£o usadas em ambientes √ļmidos ou corrosivos precisam ser feitas de materiais resistentes √† √°gua e corros√£o.

As etiquetas RFID s√£o uma tecnologia eficaz que pode ajudar a melhorar a efici√™ncia e a precis√£o do seu invent√°rio de patrim√īnio.

O que é a tecnologia RFID?

O que é RFID? com Wendell Jeveaux CEO do Grupo CPCON

A tecnologia RFID, do ingl√™s Radio Frequency Identification, √© a respons√°vel pela transmiss√£o de informa√ß√Ķes por radiofrequ√™ncia.

Essa tecnologia tem sua origem na Segunda Guerra Mundial, e meados da d√©cada de 40. V√°rias na√ß√Ķes, como Alemanha, Estados Unidos, Jap√£o e Inglaterra, usava, sistemas de radares no qual auxiliavam na identifica√ß√£o da aproxima√ß√£o de avi√Ķes. Al√©m disso, essa tecnologia contribu√≠a com a comunica√ß√£o via r√°dio.

Com o passar do tempo, o sistema RFID acompanhou as evolu√ß√Ķes tecnol√≥gicas e, assim, evoluiu tamb√©m.

Dessa forma, o RFID se popularizou e cada vez mais √© utilizado em diversos segmentos. Tudo isso por conta da sua facilidade e capacidade de leitura √† longa dist√Ęncia, o que culmina na redu√ß√£o de custos e diminui√ß√£o de desperd√≠cios.

Quais s√£o os principais elementos constituintes de um sistema RFID?

ciclo rfid

Com a tecnologia RFID, a produtividade e a lucratividade empresarial e dos ativos aumentam. Além desses aspectos, a principal característica do sistema RFID é a sua estrutura:

  • Uma antena respons√°vel por transmitir a informa√ß√£o para o leitor, por meio de um circuito integrado;
  • Leitor ou transceptor que recebe os dados da antena e o converte em ondas de r√°dio;
  • Etiqueta RFID ou tag que cont√©m o circuito e a informa√ß√£o que precisa ser transmitida e analisada.

Ou seja, para que o sistema RFID cumpra sua fun√ß√£o de transmiss√£o de dados e informa√ß√Ķes, todos esses equipamentos s√£o essenciais. No entanto, √© na etiqueta RFID que os dados se armazenam, por isso √© essencial a etiqueta RFID para controle de estoque.

O que é a etiqueta RFID?

As etiquetas RFID s√£o as respons√°veis por conter as informa√ß√Ķes importantes e essenciais sobre um item. Assim, aplicam-se essas etiquetas em variados objetos, m√°quinas, embalagens ou, at√© mesmo, seres vivos.

√Č por meio dessas etiquetas que se armazenam e se recuperam dados √† dist√Ęncia que impactam a cadeia de processos. Afinal, uma etiqueta RFID emitir√° um sinal que possui informa√ß√Ķes sobre um ativo para que os interessados tenham acesso a elas.

Controle de Estoque com Etiqueta RFID
Controle total e remoto de estoques com etiquetas RFID

Como funciona o RFID em um sistema de armazenagem?

CONTROLE DE ESTOQUE COM RFID

A etiqueta RFID faz parte do processo entre empresa, produto e cliente e tem import√Ęncia a partir do momento de sua impress√£o.

Com esse processo, a etiqueta RFID para controle de estoque tornou-se uma realidade para as empresas em sua logística. Pois, essa etiqueta se faz presente no produto desde o estoque até a entrega ao cliente final.

De in√≠cio, quando h√° a expedi√ß√£o do produto, etiquetas RFID s√£o impressas com as informa√ß√Ķes deles e colocadas nas caixas desses itens.

Quando o produto é vendido, as caixas com eles deixam as fábricas e seguem para o depósito em que há a leitura das etiquetas RFID para identificar e lançar os produtos no sistema.

São os leitores RFID que leem as etiquetas, ainda no depósito, e realizam atividades envolvendo a etiqueta RFID para controle de estoque como acompanhar os inventários e dar a saída do produto.

Ao sair do depósito, já com sua etiqueta RFID lida, os lotes seguem até o centro de distribuição e, desse centro, é separado para se locomover ao cliente.

Assim, a empresa consegue acompanhar todo esse ciclo e gerenciar seu estoque e os processos at√© a entrega ao cliente final, pe√ßas etiquetas RFID. E os clientes tamb√©m conseguem acompanhar o trajeto do produto at√© sua entrega por meio das informa√ß√Ķes que as etiquetas disponibilizam.

Etiquetas RFID para Inventario de patrim√īnio ūüŹ∑ÔłŹ

Como funcionam as etiquetas RFID?

As etiquetas RFID tamb√©m s√£o conhecidas como etiqueta inteligente. Por isso, uma etiqueta inteligente √© um dispositivo que empresas introduzem em itens e seres vivos para identific√°-los e atribu√≠rem informa√ß√Ķes. Dessa forma, a principal fun√ß√£o √© a etiqueta RFID para controle de estoque.

No entanto, existem etiquetas inteligentes com outras finalidades fora a gestão de estoques. Essas tem como objetivo permitir ao cliente saber qual a localização do objeto que ele desejar, principalmente se esse item estiver próximo.

Portanto, as etiquetas inteligentes s√£o o principal elemento do sistema RFID por ser o respons√°vel por receber, transmitir e responder as transmiss√Ķes.

Como é a tecnologia usada nas etiquetas RFID?

As duas tecnologias mais usados nas tags RFIS são o microchip e o formato EPC. Assim, sua estrutura básica é possuir um microchip que emite ondas de radiofrequência, essas que as antenas RFID fazem a leitura. Além de armazenar seus dados na tecnologia de formato EPC.

Microchip

√Č nesse microchip das etiquetas RFID que s√£o armazenadas as informa√ß√Ķes sobre um produto. Dentre elas est√£o:

  • Nome do produto;
  • Data de validade;
  • Lote;
  • N√ļmero do serial;
  • Nome da empresa;
  • Outras informa√ß√Ķes pertinentes sobre o item.

Al√©m da sua capacidade de armazenamento, o microchip tamb√©m possibilita a resposta ao sinal de radiofrequ√™ncia com as informa√ß√Ķes que est√£o nele.

Formato EPC

As etiquetas RFID armazenam dados no formato EPC, Electronic Product Code. Essa tecnologia foi criada pelo Auto-ID Center para ser um sucessor do código de barras. Dessa forma, o EPC é um método de rastreamento de mercadorias que usa a tecnologia RFID e que tem baixo custo.

Da mesma forma que o c√≥digo de barras, o EPC possui um sistema num√©rico capaz de identificar produtos. Mas tem uma capacidade muito maior do que o seu antecessor ao adicionar informa√ß√Ķes espec√≠ficas, como origem e destino do produto.

Assim, o EPC se armazena em uma etiqueta RFID para transmitir a informação no momento em que um leitor verifica a etiqueta. Por isso, o EPC acaba por maximizar a tecnologia RFID e promover benefícios que com os códigos de barra eram inatingíveis.

Os benefícios do EPC para clientes e empresas

O EPC auxilia as empresas a melhorar sua eficiência e, também, beneficiar os clientes AP garantir e disponibilizar produtos, velocidade e qualidade.

Em relação aos clientes, as etiquetas RFID não permitem que mercadorias falsas sejam entregues para eles. Pois os consumidores conseguem monitorar e rastrear seus produtos desde a compra.

J√° para as empresas, essa tecnologia ajuda com a transforma√ß√£o de processos para melhorar a efici√™ncia e se utiliza a etiqueta RFID para controle de estoque. Pois, com a visibilidade da cadeia de processos e de seus produtos, as empresas evitam perdas de valor por conta de roubas, perdas ou falta de estoques. Afinal, o EPC ajuda as empresas a monitorar o estoque e gerenciar melhor, solicita√ß√Ķes de novos produtos.

Etiquetas RFID para supermercados

Há muitos supermercados ao redor do Brasil e do mundo, sejam eles de tamanho grande, médio ou pequeno.

Dessa forma, por conta da competitividade entre as empresas desse setor, os supermercados precisam fazer bom uso e usufruir cada vez mais da tecnologia. E isso para conseguir sobreviver e se manter em um mercado t√£o competitivo.

Portanto, uma estratégia tecnológica que redes de supermercado que se iniciou nos Estados Unidos e chegou até o Brasil é a etiqueta RFID para controle de estoque varejista. Ou seja, aplicar tags RFID nos produtos e itens do mercado aumenta a estratégia competitiva da companhia.

O que as etiquetas RFID proporcionam para os supermercados?

As etiquetas RFID, além de controlar e gerir a cadeia de suprimentos, têm como objetivo reduzir filas e outros transtornos comuns nos caixas dos mercados.

Além disso, eles também auxiliam os clientes com um carrinho de compras que possui monitores. Esses que mostram as ofertas do dia e quais produtos o cliente está fazendo a compra.

Esse é o motivo pelo qual as etiquetas RFID para supermercados também funcionam como etiqueta RFID para controle de estoque.

√Č por meio delas que o gestor do supermercado conseguir√° controlar a movimenta√ß√£o do estoque e de mercadores. Com isso, ter√° informa√ß√Ķes e relat√≥rios pertinentes sobre quantos e quais produtos precisa comprar com o fornecedor. Para que nenhum produto falte e nem que sejam gastos valores com produtos que n√£o h√° necessidade de adquirir no momento.

Usar as etiquetas RFID para supermercado e com objetivo de ser etiqueta RFID para controle de estoque, cria eficiência e boa relação com fornecedores e clientes. De modo a realizar uma aproximação entre o supermercado e ambos.

Além disso, o supermercado consegue criar um banco de dados que mostra todo o histórico de compras dele. De forma a apresentar todos os produtos e quais precisam de maior atenção. O que culmina na fidelização de clientes e preços competitivos.

Amazon Go: exemplo de etiquetas RFID em supermercados

A Amazon Go é uma loja física da massiva loja on-line Amazon. No entanto, esse supermercado se difere dos outros por não apresentar caixas registradoras e nem filas.

Para isso, o cliente precisa ter o aplicativo da Amazon Go, escolher seus produtos, pegá-los na loja e pagar pelo próprio app.

Assim, as tags RFID consegue detectar o momento em que os clientes retiram ou devolvem os itens do mercado às prateleiras. Além de rastrear esses produtos no carrinho virtual do cliente.

Todos os produtos possuem etiquetas RFID para controle de estoque e para garantir a venda para o cliente. √Č nessa etiqueta que ter√° todos os dados e informa√ß√Ķes do produto e que monitorar√° a venda por meio do dispositivo m√≥vel da pessoa.

O que é uma etiqueta RFID ativa?

As etiquetas RFID são divididas de acordo com sua frequência e sua energização. De acordo com a energização, elas são classificadas em passiva e ativa.

As tags RFID ativas são aquelas que têm sua própria fonte de energia. Ou seja, essa etiqueta possui uma bateria interna que possibilita intervalos longos de leitura e grandes espaços de memória. Além disso, as etiquetas ativas usam duas frequências principais, 433 MHz e 915 MHz.

J√° as etiquetas RFID passivas n√£o t√™m uma fonte de energia intera, pois elas usam da radiofrequ√™ncia do leitor para se energizarem. E tudo isso para conseguir transmitir as informa√ß√Ķes que constam nela. Tamb√©m, essas tags RFID s√£o reutiliz√°veis e adquirir novas informa√ß√Ķes.

Qualquer uma dessas etiquetas possuem vantagens em sua utiliza√ß√£o. Pois, quaisquer umas das duas funcionam com dist√Ęncias consider√°veis entre elas e os leitores. De forma que n√£o √© necess√°rio contato e nem campo visual para acontecer essa leitura.

Além disso, é possível a leitura das etiquetas RFID através de diversos materiais e substancias, como água, metal, madeira e plásticos.

Qual é a diferença entre as etiquetas RFID ativa e RFID passiva?

As etiquetas RFID ativas s√£o voltadas √† leitura e √† grava√ß√£o, al√©m de se alimentar por uma bateria interna. Portanto, por ser uma etiqueta que permite a grava√ß√£o, isso significa que as informa√ß√Ķes que ela possui podem ser modificadas, regravadas e escritas segundo a necessidade da empresa.

Al√©m disso, essas tags RFID t√™m maior alcance de leitura, de modo a ultrapassar at√© dez metros de dist√Ęncia do leitor. No entanto, por conta das suas funcionalidades ela tende a ser maior e mais cara do que a etiqueta passiva.

A tags RFID passiva não possui uma bateria interna, como a ativa. Assim, essa etiqueta RFID só se ativa com um campo eletromagnético que o leitor emite. Também, seu alcance é menor, o que faz com que o leitor tenha que ser mais potente.

Em contrapartida as tags ativas, as passivas s√£o mais baratas, menores e com utiliza√ß√£o mais simples. No entanto, ambas podem ser utilizadas como etiquetas RFID para controle de estoque.

Quanto custa uma Etiqueta RFID?

Para investir em um sistema RFID completo, o empres√°rio precisa considerar o hardware, software e a etiqueta.

A parte de hardware engloba os materiais que ler√£o as informa√ß√Ķes das etiquetas e sua infraestrutura. Ou seja, antenas, leitores, wi-fi, portais e toda infraestrutura f√≠sica. J√° os softwares s√£o os sistemas, com as licen√ßas de leitores e coletores e as integra√ß√Ķes com os sistemas atuais de coleta de dados.

Dessa forma, o que mais impactar√° o valor total da implementa√ß√£o de um sistema RFID s√£o as etiquetas. Isso ocorre porque existem in√ļmeros tipos de etiquetas RFID, com diversas varia√ß√Ķes de materiais, mem√≥ria, classifica√ß√£o e frequ√™ncia.

Em média, nos Estados Unidos, uma tag RFID custa 25 centavos de dólar, mas isso quando se compra mais de um milhão delas. No Brasil, quando uma empresa compra essa quantidade, o preço varia em torno de 80 centavos a 1 dólar por etiqueta.

No entanto, o preço total englobará todos os outros itens do sistema RFID e a instalação deles. Além do tipo de tag RFID escolhida.

varios tipos de etiquetas rfid

Quais s√£o os tipos de etiquetas RFID?

As tags RFID podem ter variadas utiliza√ß√Ķes, por isso elas tamb√©m se diferenciam de acordo com seu uso:

  1. Uso em lotes ou caixas: Essas podem ser de diversos formatos e materiais, mas se deve considerar o ambiente. Al√©m disso, esse tipo de tag RFID √© recomendada quando a maior import√Ęncia √© a identifica√ß√£o e rastreabilidade dos produtos;
  2. Impressas em adesivo: Esse tipo de tag RFID é quando o fornecedor a imprime e a coloca no pacote que é enviado para o cliente. Dessa forma, tanto o cliente quanto o lojista terão detalhes do produto;
  3. Uso em tecidos: Há algumas etiquetas RFID que são fixadas nos produtos e essas auxiliam o processo desde sua confecção na fábrica até chegar a contagem do lojista;
  4. Cart√Ķes de acesso: Por √ļltimo, esse tipo de tags RFID tem como objetivo controlar o acesso de pessoas e ve√≠culos em estacionamentos e empresas. Seja com bloqueios, leituras biom√©tricas, catracas ou cancelas.

Qual o tamanho das etiquetas RFID?

O tamanho das tags RFID podem variar, mas, em geral, elas são um objeto pequeno. Só que suas formas e tamanhos variam de acordo com a finalidade e tipo dessas tags.

Etiquetas RFID para identifica√ß√£o animal tendem a ser muito pequenas, com varia√ß√£o de tamanho de 3mm de di√Ęmetro e 10 mm de comprimento. J√° para controle de acesso, essas etiquetas t√™m o tamanho de um cart√£o de mais de 5 cm de altura.

A menor etiqueta RFID que existe foi desenvolvida em 2007 pela companhia Hitachi. Essa tag foi chamada pelos pesquisados de ‚Äútipo em p√≥‚ÄĚ e isso por possuir tamanho de 0,4 mil√≠metros de di√Ęmetro e de comprimento.

√Č uma vantagem o uso de etiquetas RFID?

Usar as etiquetas RFID traz benefícios não só para as empresas, mas também para os clientes. Afinal, com essas etiquetas os gestores conseguem gerir sua cadeia logística, controlar documentos e acessos, além de linhas de montagem industriais.

Também, as tags RFID permitem a identificação animal e rastrear todos os produtos, desde sua origem até sua entrega

5 2 votes
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Coment√°rios
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, voc√™ encontra solu√ß√Ķes especializadas em gest√£o de ativos e estoques, com √™nfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos servi√ßos como invent√°rio de ativos, gest√£o de ativos de TI, consultoria imobili√°ria, reconcilia√ß√£o fiscal-f√≠sica e automa√ß√£o com RFID. Al√©m disso, temos gest√£o de estoque, servi√ßos de avalia√ß√£o, solu√ß√Ķes √°geis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experi√™ncia, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econ√īmica, Vale e Petrobras, refor√ßa nosso compromisso com √©tica e prote√ß√£o de dados.
Guias
Solu√ß√Ķes
Cansado de erros e imprecis√Ķes na Gest√£o de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conte√ļdos Relacionados a

Foto de um grande rolo de etiquetas adesivas RFID, com algumas etiquetas parcialmente desenroladas e prontas para aplicação.

Adesivo RFID

O adesivo RFID traz uma tecnologia inovadora e que consegue otimizar os processos. Dessa forma, compreenda que conhecer esta nova tecnologia faz grande diferença nos negócios. Assim, você deve entender

Continuar lendo ¬Ľ
Novidades

Conte√ļdo Recentes

Rolar para cima