Inventário da empresa: tudo o que você precisa saber

Inventário da empresa
Contar com um inventário da empresa fará diferença nos resultados. Já que permite uma visualização completa dos cenários presentes neste setor.

Você sabe o que é um inventário da empresa e por qual motivo ele é aplicado dentro das organizações? Pois, saiba que o procedimento é feito para contar e também registrar os itens presentes no estoque das mesmas.

Com isso, compreenda que tal atividade se demonstra fundamental e não importa o tamanho dos negócios. Então continua a leitura e saiba o que é um inventário e no que ele pode contribuir.

Pontos Chave

  • Inventário: É um método que permite fazer um levantamento dos bens de uma empresa. Sendo que o estoque conta com itens concluídos ou em processo de preparação;
  • inventário da empresa: Na empresa temos uma lista com os produtos e mercadorias disponíveis em estoque. Desse modo, a ferramenta ajuda na identificação, categorização e quantificação dos itens;
  • Passos do inventário: Para fazer o processo será preciso, planejar, coletar os dados, processar as informações e buscar ações corretivas em caso de erros;
  • RFID: Um sistema de leitura e transmissão de dados via rádio frequência. Parecido com o código de barras, tem a vantagem de ler lotes de produtos e de fazer isso mesmo estando a distância.

O que é um inventário nas empresas?

Inventário da empresa

Basicamente um inventário consiste num procedimento que engloba a contagem dos produtos. Que estão armazenados dentro de um estoque e então é feito o registro de cada um deles.

De tal forma que isso inclui todos aqueles bens da empresa e também os materiais disponíveis. Nisso, o inventário da empresa ajuda a manter a organização e evita ausências ou excessos de produtos.

Visto que mostra o cenário real deles e é um método que é feito anualmente no modo convencional. Contudo, saiba que existem algumas variações de inventários que possuem certas diferenças.

Onde é possível que as contagens dos itens sejam feitas em vários períodos. Sendo que no método convencional isso geralmente acontece apenas no final do ano.

Veja quais são os modelos existentes:

Dessa forma, compreenda que o inventário da empresa deve se adequar a realidade da mesma. Por isso, entenda que é necessária uma boa avaliação para definir qual dos projetos é o mais efetivo.

Só para lhe ajudar a compreender melhor, saiba que temos 2 maneiras de fazer os inventários:

  • Físico: onde ocorre uma contagem que é física de cada um dos bens e dos materiais do estoque. Desse modo, compreenda que este costuma ser o método mais comum. Enquanto que as organizações fazem tal processo apenas no final do ano ou 1 vez durante este mesmo ano;
  • Contínuo: neste outro modelo temos uma contagem que é feita de modo constante. Visto que tanto os bens quanto os materiais são analisados em vários períodos (diários, semanais, quinzenais ou mensais). Sendo possível utilizar várias tecnologias tais como o código de barras ou o moderno RFID.

Qual é o objetivo do inventário da empresa?

Você viu o que vem a ser o inventário da empresa e qual a importância dele dentro das empresas. Dessa forma, compreenda que o mesmo visa trazer garantias de uma visão com maior precisão.

Ao passo que ajuda na verificação dos ativos que pertencem a esta organização. O que acaba sendo fundamental e se torna importante para zelar pela organização completa do setor de estoque.

Além disso, saiba que são muitos os motivos que mostram o porquê uma empresa deve usar este sistema:

  • Controlar os estoques: através dele temos as garantias de que os produtos e as mercadorias estejam adequados. Mostrando as quantidades exatas deles e outros detalhes essenciais. Com isso, entenda que são reduzidos os custos e os clientes são atendidos com mais qualidade e eficiência;
  • Avaliações: o inventário permite com que a empresa possa analisar todos os valores dos seus ativos. De tal forma que isso é realmente fundamental para as finanças. E ajuda inclusive no próprio cálculo de patrimônio líquido da mesma;
  • Cumprir as leis: um ponto importante e que não pode ser esquecido. Visto que é necessário seguir corretamente todas as regras governamentais para evitar problemas.

Decerto, compreenda que com o inventário da empresa tudo fica bem organizado e são vistos melhores resultados. Por isso, entenda que o ideal é planejar e escolher um método que possa otimizar o setor em sua empresa.

Passos para a realização de um inventário da empresa

Inventário da empresa

Você precisa saber que existem alguns passos que são necessários para fazer um inventário numa empresa. De tal forma que as etapas são importantes e devem ser corretamente obedecidas.

Uma vez que o inventário de estoque é de grande relevância e mostra detalhes do departamento. Fazendo com que os produtos estejam sempre nas quantidades adequadas para atender aos clientes.

Evitando perdas nas vendas e outros problemas que podem causar prejuízos para as empresas. Nisso, compreenda que o inventário da empresa é extremamente útil e serve como solução efetiva.

Para fazer o processo é necessário seguir os seguintes pontos:

  • Planejamento: começamos pela definição de como será este inventário, indicando o tipo dele. Além disso, deve-se saber também quais são os períodos (tempo) e quais recursos vão ser úteis no processo;
  • Coleta dos dados: em seguida, saiba que será preciso obter as informações de todos os bens e dos materiais do estoque. A fim de que se possa conhecer o setor por completo. Dessa maneira, entenda que a tarefa pode ser feita de forma manual ou utilizando alguma tecnologia;
  • Processamento (dados): na terceira etapa temos a parte que processa tais dados e informações. Para que eles possam ser incluídos dentro do inventário da empresa da maneira correta. Nisso, compreenda que é preciso que eles sejam relevantes e verdadeiros;
  • Ações de correção: caso haja algum problema ou empecilho será preciso usar algum método para corrigir. Pois, entenda que caso o inventário fique diferente do registro contábil será preciso averiguar o motivo.

Sem dúvida, saiba que contar com um inventário efetivo irá trazer muitos benefícios para as empresas. Uma vez que isso permite gerar maior produtividade, lucros e alta rentabilidade.

Quais são as vantagens do inventário em uma empresa?

Você deve compreender que são muitas as vantagens para as empresas ao elaborarem um inventário. Visto que o procedimento consegue trazer integração, alinhamento, organização e muitos outros pontos favoráveis.

Ao passo que com o inventário da empresa completo e bem estrutura você tem os seguintes benefícios:

  • O estoque terá maior precisão: somente com este método é que você garante um setor eficiente e preciso. Enquanto que isso ajuda a evitar com que aconteçam erros ou falhas nas reposições, além dos desperdícios e das perdas de produtos e materiais;
  • Avaliações (estoque): as análises dos valores presentes no setor são outro ponto de destaque. Desse modo, entenda que será possível definir os valores dos itens armazenados. Sendo útil para os cálculos financeiros e também para as tomadas de decisões;
  • Planejamento: com as informações corretas ficará mais simples e fácil de pensar em métodos e decisões que sejam efetivos. Onde será possível definir quanto comprar ou mesmo produzir;
  • Atendimento (cliente): os produtos e as mercadorias estarão sempre nos níveis adequados. Fazendo com que as demandas possam ser atendidas, já que os estoques estão completos. O que permite com que não falte vendas e que haja satisfação para o consumidor.

Outras vantagens do inventário da empresa englobam a redução dos custos, garantia de eficiência e cumprimento das leis. Sendo que tudo isso é fundamental para que a empresa possa crescer no mercado.

RFID no inventário da empresa

Controle de ativos fixos através de inventario em tempo real com RFID.

A tecnologia conhecida como RFID consiste na identificação e transferência de dados por rádio frequência. De tal forma que isso permite com que seja feito um rastreamento em tempo real dos produtos e das mercadorias.

Enquanto que são utilizadas as etiquetas RFID (inteligentes), os leitores, chips, antenas e o sistema de computador (software). A fim de que este conjunto possa corretamente captar e enviar os dados.

De fato, compreenda que ele parece com o código de barras, embora seja muito mais atualizado e moderno. Permitindo leituras de itens em lotes e mesmo estando a uma certa distância dos objetos.

No inventário da empresa é possível usar o RFID para obter:

  • Maior precisão: com esta tecnologia se torna possível identificar e também rastrear de modo automático (itens). Dessa forma, compreenda que isso faz com que ele supere o inventario tradicional;
  • Diminuição dos custos: com menos erros temos melhores resultados. Além de a empresa ter a possibilidade de trazer medidas de correção aos problemas que surgirem;
  • Controle (estoque): com o RFID você consegue garantir maior produtividade nas operações e isso leva a uma maior eficiência;
  • Atendimento de qualidade: usando a tecnologia em questão os seus clientes vão ter os produtos e as mercadorias que precisam no momento certo. Nisso, atende-se as demandas necessárias e evita-se com que sejam perdidas quaisquer vendas.
ciclo rfid

Conclusão

Um inventário da empresa completo e bem estruturado fará muita diferença nos resultados. Pois, compreenda que ele é necessário para garantir com que haja conformidade nas quantidades armazenadas.

Dessa maneira, saiba que contar com este projeto trará ótimas vantagens. Visto que não vão faltar itens e os clientes vão ser sempre atendidos com muita competência.

Além de contribuir com os próprios funcionários e colaboradores que vão ter dados adequados. Que podem inclusive estar em sistemas de computador com RFID para agregar ainda mais. Portanto, entenda que o inventário é fundamental e escolher o método ideal será muito importante.

FAQ: Perguntas Frequentes

O que é um inventário de uma empresa?

Um inventário numa empresa consiste na listagem completa de itens que estão contidos no estoque. Ao passo que podem estar concluídos ou em fase de preparação.

Como se faz um inventário de uma empresa?

Para realizar esta tarefa você precisa definir quando será feito este inventário. Em seguida, temos a organização do espaço, categorização dos itens, contagem dos produtos, recontagem e a criação do registro com todos os detalhes necessários.

Quais são os tipos de inventário numa empresa?

São 5 os métodos, que consistem em inventário geral, anual, dinâmico, cíclico e rotativo. Com isso, compreenda que é importante escolher aquele que possa trazer melhores resultados.

5 1 vote
Avaliação do artigo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Você quer um inventario mais eficiente?
Beneficie-se com o rastreio em tempo real, redução significativa de perdas e um aumento notável na velocidade dos processos de gestão de ativos e estoques.
Sobre o Grupo CPCON
No Grupo CPCON, você encontra soluções especializadas em gestão de ativos e estoques, com ênfase na tecnologia RFID, para otimizar e agilizar seus processos. Oferecemos serviços como inventário de ativos, gestão de ativos de TI, consultoria imobiliária, reconciliação fiscal-física e automação com RFID. Além disso, temos gestão de estoque, serviços de avaliação, soluções ágeis, software e consultorias variadas. Nossa vasta experiência, incluindo trabalhos com clientes renomados como Caixa Econômica, Vale e Petrobras, reforça nosso compromisso com ética e proteção de dados.
Guias
Soluções
Cansado de erros e imprecisões na Gestão de Seus Ativos e Estoques?
Experimente a precisão e eficiência da tecnologia RFID do Grupo CPCON. Com rastreamento em tempo real e uma drástica redução nas perdas, acelere os processos de inventário e gestão em sua empresa. Transforme sua gestão de ativos hoje mesmo!
Em destaque

Conteúdos Relacionados a

Novidades

Conteúdo Recentes

Rolar para cima