Impairment: definição e considerações
Engineer searching for online information about lathing

Impairment: definição e considerações

Definição de Impairment

Como observado, o termo impairment não é de origem da língua portuguesa, porém é uma palavra comumente utilizada nos processos de avaliações e gestão patrimonial. Esta que tem origem inglesa, tem por definição como sendo a “deterioração”, com tradução mais relevante nos processos de controle patrimonial, entende-se por impairment, como sendo a “depreciação”, esta relativa principalmente aos ativos.

CPC 01 e o Teste de Impairment

Com a deliberação nº 527/07 da CVM (Comissão de Valores Imobiliários), aprovando o Pronunciamento Técnico CPC 01, e a determinação das etapas consecutivas a serem abordadas afim de especificar os procedimentos durante o teste de impairment, este que verifica e caracteriza abstrações do valor do ativo no registro contábil, perante seu valor real de mercado. A deliberação faz menções pertinentes também, acerca do período mais adequado a se efetuar a execução do teste de recuperabilidade.

Ratificando o Pronunciamento Técnico CPC 01, é interessante definir de forma geral, os principais objetivos abordados pelo mesmo. Este que ratifica o modelo correto para a redução ao valor recuperável de ativos de forma mais adequada, visando também definir metodologias de execução que podem ser entendidas como procedimentos que asseguram, ou visam assegurar de forma correta o registro dos ativos em questão. Esta adequação no registro visa também que o valor a ser contabilizado não seja superior ao valor que seja passível a recuperação no tempo devido por uso nos processos da empresa, ou eventualmente em processos de venda.

Considerações sucintas sobre o Teste de Impairment

De forma geral, é interessante abordar a execução em si do processo de avaliação e testes por impairment. Desta forma, é interessante que se avalie, pelo menos a cada fim de exercício, os ativos de sua empresa, e em casos específicos, fazer a verificação sempre que houver indícios concretos sobre tal desvalorização. Em seguida, caso os testes sumários apresentem diferenças nos valores dos ativos, é necessário então efetuar cálculos para estimativa da redução ao valor recuperável dos mesmos.

É interessante ratificar também, a importância de efetuar o inventário dos ativos e o ajuste da base patrimonial antes de realizar o teste de impairment, de forma que não se tenham ativos fictícios na base patrimonial a ser testada, evitando que os laudos possam ser questionados por auditorias futuras. Pois desta forma, o correto controle patrimonial deve ser empregado sempre, trazendo maior precisão nos laudos e nas decisões afins.

A CPCON realiza projetos anualmente em diversos clientes, realizando inventários, conciliação dos ativos com a contabilidade, e regularização da base patrimonial para entregar em seguida os laudos de avaliação precisos, atendendo com estes laudos ao CPC01 – Teste de Impairment.

Acompanhe nossos artigos e saiba mais sobres os temas de gestão e avaliação de ativos. Mande uma mensagem, será bom ouvir sua opinião..

Deixe uma resposta